Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Esporte

Ronaldinho custaria 12% da receita para brasileiros

Ronaldinho quer um salário de R$ 15 milhões por ano para atuar no Brasil, valor muito acima do que os clubes podem pagar a atletas atualmente

Dourados News

22 de Dezembro de 2010 - 09:20

Ronaldinho custaria 12% da receita para brasileiros
Divulga

Para ter Ronaldinho Gaúcho, os diversos clubes brasileiros interessados em ter o astro do Milan terão de colocar a mão no bolso e gastar bastante , sua chegada a Flamengo, Grêmio ou Palmeiras – os três clubes que querem o atacante – implicaria na dedicação do equivalente a ao menos 12% de suas receitas a ele.

Ronaldinho quer um salário de R$ 15 milhões por ano para atuar no Brasil, valor muito acima do que os clubes podem pagar a atletas atualmente.

A porcentagem em relação às despesas é maior até do que a de Ronaldo no Corinthians, que gira em 8%. Palmeiras, Flamengo e Grêmio usariam, respectivamente, 12%, 12,5% e 13,6%.

De acordo com o levantamento, as cifras fazem com que Ronaldinho tenha um peso no Brasil maior do que os grandes astros das ligas européias, incluindo Messi, Cristiano Ronaldo e Rooney.

Levando em conta o faturamento de 2009 dos clubes brasileiros e o de 2008/2009 dos europeus, o argentino Lionel Messi recebe cifras astronômicas – R$ 24 milhões por ano -, mas que são só 3% do que o Barcelona faturou.

No caso de Cristiano Ronaldo, cujo salário é de R$ 31 milhões anuais, isso representa 3,4% da receita do Real Madrid. Já Rooney gasta 4,3% do que entra para o Manchester United com os seus R$ 31,7 milhões por temporada.