Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Esporte

Ronaldinho Gaúcho é o novo reforço do Flamengo

Ele é esperado no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, para assinar contrato. O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, já está no hotel

O Globo

11 de Janeiro de 2011 - 07:12

Ronaldinho Gaúcho é o novo reforço do Flamengo
Divulga

A novela chegou ao fim. E com final feliz para os rubro-negros. O Flamengo vai anunciar ainda nesta segunda-feira que Ronaldinho Gaúcho é o novo jogador do clube. Ele é esperado no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, para assinar contrato. O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, já está no hotel.

Galliani, que caiu nas graças da torcida do Flamengo, chegou ao hotel aos gritos de 'Uh, é Galliani'. O dirigente, que disse no sábado que a negociação estava 99,9% fechada, foi ainda mais otimista desta vez. Perguntado se já poderia considerar os 100%, ele declarou.

- Creio que sim.

Depois de uma longa negociação, o Flamengo ganhou a disputa contra Palmeiras e Grêmio para repatriar o craque que jogou a última temporada no Milan. Os acertos finais aconteceram nesta segunda-feira, numa reunião numa churrascaria na zona oeste do Rio. Mais cedo, o empresário de Ronaldinho, Roberto Assis, já acenava com o acerto.

- (O Flamengo) é o caminho. Não tem para onde fugir.

A expectativa para a chegada de Ronaldinho no Flamengo era grande desde a semana passada, quando Assis convocou uma entrevista no Copacabana Palace. Na ocasião, muitos já achavam que haveria o anúncio de que Ronaldinho jogaria no Flamengo. Mas a frustração foi grande quando foi revelada apenas uma liberação por parte do Milan para negociar.

Depois de dias com várias reuniões entre as partes, finalmente o Flamengo conseguiu anunciar a contratação do craque que, aos 30 anos, vai vestir a quinta camisa na carreira. Revelado pelo Grêmio, ele passou por Paris Saint-Germain, Barcelona e Milan.

Craque hostilizado em casa noturna de Florianópolis

Ronaldinho Gaúcho começou a sentir na pele as reações populares pelo longo leilão em que se transformou a definição de seu futuro. Na madrugada de ontem, o craque foi hostilizado por torcedores do Grêmio em uma casa noturna de Florianópolis. Houve relatos de pessoas presentes ao local de que o jogador foi xingado logo na chegada ao local. Ronaldinho Gaúcho deixou rapidamente a boate após a manifestação.

Até no hotel em que está hospedado o jogador ouviu cobranças de gremistas, magoados com o craque. No Estádio Olímpico, enquanto o time do Grêmio treinava, a torcida fazia um protesto contra Ronaldinho e seu irmão e empresário, Assis. Uma faixa dizia "R10 e Assis, que Deus perdoe vocês, porque a nação gremista não vai perdoar".

A novela Ronaldinho se arrastou há semanas com Grêmio, Flamengo e Palmeiras sempre dizendo que estariam em vantagem na disputa pelo jogador. Após várias reuniões em churrascarias, declarações desencontradas e muito disse-me-disse, o Fla ficou muito perto da contratação do craque na noite de sexta-feira quando a dirigente rubro-negra se reuniu com Assis na Barra da Tijuca.

Após o encontro, Patrícia disse que as conversas avançaram , dando a entender que o craque tinha ficado mais perto da Gávea.

No mesmo dia, mostrando confiança , o Grêmio chegou a preparar uma festa para receber Ronaldinho no Olímpico que levou torcedores e a imprensa para o estádio em Porto Alegre. Ao fim do dia, com o desejo de anunciar a contratação frustrado, os dirigentes do clube gaúcho mandarem recolher os equipamentos de som instalados no estádio.

Em várias oportunidades, os gremistas deram com certo a contratação do craque. No Jogo das Estrelas comandado por Zico no fim do ano, o técnico Renato Gaúcho chegou a dizer que ele estava 90% certo. Paulo Odone também mostrava confiança e chegou a dar o jogador com praticamente acertado com o clube. A confiança era mostrada pelo próprio desejo do jogador que em duas oportunidades teria dito que por ele já estaria vestindo a camisa do Grêmio. Enquanto isso, o Palmeiras confiava que tinha a melhor proposta para seduzir o jogador.

Ao mesmo tempo, o ex-jogador Pelé criticou o leilão pelo craque feito no futebol brasileiro. As três propostas oficiais por Ronaldinho nunca foram abaixo de R$ 1 milhão mensais enquanto os clubes brigavam para ver quem iria oferecer os milhares de reais a mais para ter o clube. Ao mesmo tempo, se especulou que o Corinthians teria uma proposta de R$ 1,8 milhão pelo jogador, mas ela nunca foi oficializada.