Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Geral

Camiseta que classifica mulheres como "burras" gera onda de revolta na Internet

Camiseta dizia que "mulher burra" é pleonasmo.

Midiamax

29 de Novembro de 2016 - 10:02

A loja online Dafiti está enfrentando uma avalanche de críticas de consumidores na internet após colocar à venda uma camiseta que cita “mulher burra” como exemplo de pleonasmo. Depois da repercussão negativa, o site retirou o produto de conteúdo sexista do ano. No entanto, diversos consumidores salvaram cópias da peça.

Na página da loja no Facebook, centenas e homens e mulheres cobraram – em diferentes publicações - uma retratação oficial da loja. "Para a dafiti, 'mulher burra' é pleonasmo. Um bom dicionário, por sua vez, define BOICOTE como 'veto a quaisquer relações com indivíduo ou grupo a que(m) se queira punir ou constranger a algo'. A idiotice vai custar caro, não é mesmo?", disse a usuária Ivana Pansera. "Acho que pra uma loja que tem a maioria dos seus compradores mulheres a fiscalização dos produtos vendidos deveria ser mais rígida. Acabaram de perder uma cliente pra sempre. Não compro de loja misógina!", revoltou-se a internauta Natália Moura.

Em nota de esclarecimento, a loja online pediu desculpas aos clientes pelo ocorrido: "A Dafiti lamenta o ocorrido e esclarece que não compartilha a mensagem expressa no produto em questão e repudia qualquer tipo de manifestação de preconceito e discriminação. Somos uma empresa comprometida em oferecer a melhor experiência de compra online, por meio de marcas e serviços que promovam o acesso a moda a todos os consumidores. Acima de tudo, apoiamos a igualdade de gênero e a diversidade. Acrescentamos ainda que o produto foi disponibilizado para venda por um de nossos parceiros de marketplace. Tão logo tomamos conhecimento, descredenciamos a marca e seus produtos. Pedimos desculpas a todas nossas clientes", publicou.