Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Geral

Internet avança nos lares de MS e celular se consolida como maior fonte de acesso

Pesquisa do IBGE foi divulgada nesta quinta.

Midiamax

22 de Dezembro de 2016 - 15:55

Cerca de 60% dos lares sul-mato-grossenses dispõem de acesso à internet, conforme o levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2015, cujo Suplemento de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) foi divulgado nesta quinta-feira (22).  

A pesquisa, que trabalha com amostragem de domicílios em todo o território nacional, fez levantamento quanto a presença de aparelhos de rádio, TV, telefone (fixo e móvel), além de acesso à internet. Para isso, foram ouvidos 356.904 pessoas de 151.189 domicílios em 1.100 municípios brasileiros. Em Mato Grosso do Sul, a amostragem é representada pelas respostas de 6.018 pessoas de 2.687 domicílios em 21 dos 79 municípios do Estado. Para o suplemento, no entanto, a PNAD pesquisou 308.599 pessoas de 10 anos ou mais de idade.

Total de 64% dos domicílios sul-mato-grossenses dispõem de aparelho de rádio em suas residências, enquanto 95,5% têm aparelho televisor. O computador está presente em 45,9 % das residências, das quais apenas 39,1% dispõem de conexão à internet. Já em relação á telefonia, os telefones fixos convencionais estão em 27,4% dos domicílios pesquisados. O número de lares com telefones celulares alcança o de televisores, com 95,5% de presença.

Dos domicílios pesquisados com televisores, apenas 28,8 % dos aparelhos têm recepção do sinal digital. Total de 26,5% tem acesso a TV por assinatura e 50,3% têm recepção de sinal por antena parabólica. A internet em Mato Grosso do Sul está em 60,6% dos lares pesquisados, sendo que 64% deles acessam por computador, 96,1% por celular e 17,7% por tablets.