Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Mato Grosso do Sul

MS: Dia das Crianças deve movimentar R$ 135 mi em vendas

Correio do Estado

20 de Setembro de 2021 - 14:30

MS: Dia das Crianças deve movimentar R$ 135 mi em vendas
Foto: G1

O comércio trabalha com grande expectativa para o Dia das Crianças em Mato Grosso do Sul. Com isso, a estimativa é que no próximo dia 12 de outubro, as compras de presentes e comemorações devem girar em torno de R$ 135,25 milhões no Estado, favorecendo a economia local.

De acordo com dados da pesquisa sazonal de intenção de consumo e comemorações realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio do Estado (IPF-MS) em parceria com o Sebrae, serão gastos R$ 135,25 milhões, dos quais R$ 103,28 milhões serão em presentes e R$ 31,74 milhões em comemorações.

Neste ano, 52,9% dos entrevistados disseram que vão presentear as crianças e 17,3% que irão comemorar a data. Dentre os que estão de fora, 36% disseram que não têm dinheiro e 38% não têm quem presentear. Quanto às preferências dos presentes, prevalecem os brinquedos, apontados por 48,47% dos consumidores e as roupas, escolha de 30,98%.

Segundo a economista do IPF, Regiane Dedé de Oliveira, houve aumento do valor previsto para as comemorações na comparação de 2020 com 2021, passando de R$ 88,08 para R$ 124,40. Entretanto, houve redução no número de pessoas que disseram que vão celebrar a data, de 30,5% para 17,30%, na mesma comparação.

A pesquisa ainda aponta que as comemorações devem ser em casa para 47% dos entrevistados, 16% farão brincadeiras com as crianças; 10% vão para restaurantes e lanchonetes e 11% pretendem fazer um passeio. Além disso, o valor médio que será gasto com a aquisição de presentes caiu de R$ 142,48 para R$ 131,43. Desse modo a movimentação da 2021 frente a 2020 deve ter uma retração de 11%.

“É preciso dar ênfase para o fato de que a maioria dos consumidores quer desconto no pagamento à vista, mas também está atenta aos critérios de bom atendimento e variedade”, diz o presidente da Fercomércio, Edison Araújo.

Bonito e Campo Grande são os municípios com maiores gastos médios em presentes do Estado, com R$ 136,05 e R$105,07, respectivamente. Já nos gastos com comemorações, estão em destaque Bonito, com R$ 125,45 e Corumbá, com R$ 138,65. A analista-técnica do Sebrae, Vanessa Schmidt, ressalta que devido aos impactos econômicos, o consumidor se mostra temeroso em gastar, por isso, é preciso que os empresários estejam preparados.

“Uma dica é que o lojista prepare peças para redes sociais com identidade visual relacionada à temática e isso se aplica tanto às empresas que vendem produtos para público infantil quanto para adulto, aproveitando a data para realizar promoções que remetem ao Dia das Crianças e quando esses adultos eram crianças”, pontuou.

Schmidt aponta que outra dica para estimular o consumo é a facilitação de formas de pagamento e promoções, critérios decisivos para o consumidor, pensando que a maioria quer desconto para pagamento à vista; além de alinhar com fornecedores a questão de estoques, de forma a garantir rápida reposição. Oferecimento de brindes especial para as crianças é outra estratégia assertiva.

A pesquisa foi realizada nos municípios de Campo Grande, Dourados, Corumbá, Ladário, Bonito, Coxim, Três Lagoas e Ponta Porã. Foram ouvidas 1.570 pessoas, considerando um nível de confiança de 95% e margem de erro que varia em 5%.