Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Outubro de 2021

Policial

Criança vítima de maus-tratos é encontrada amarrada no interior do MS

O casal foi levado à Delegacia de Polícia, onde foram indiciados por maus tratos à menor

Midiamax

24 de Janeiro de 2011 - 16:55

Após denúncias, uma menina, de 10 anos, vítima de maus-tratos foi encontrada por policiais militares sozinha em uma casa, sentada em uma cadeira com os pés e mãos amarradas com fita adesiva. O fato aconteceu nesse domingo (23), na Pedreira Santa Maria, próximo a Reserva Indígena, em Itaporã.

Enquanto os policiais ainda estavam no imóvel, J.R., de 36 anos e J.A.M.S., de 46, chegaram ao local e negaram ter prendido a criança.

A menor foi levada pelo Conselho Tutelar até o Hospital Municipal de Itaporã, com hematomas e também com uma grande queimadura, que segundo ela foi provocado por óleo quente, visto que é obrigada pela mãe a cozinhar, lavar, passar, limpar a casa entre outros.

Ainda na pedreira, de acordo com o site Itaporã Hoje, testemunhas relataram aos policiais, que J.R., vende produtos alimentícios aos indígenas a preços superfaturados e que se apropria de Cartão do Bolsa Família para garantir o pagamento.

Na bolsa da mulher os militares acabaram encontrando um Cartão do Bolsa Família em nome de uma indígena. Argumentada sobre a acusação, ela disse que havia vendido um aparelho celular e que estava com o cartão para garantir receber a dívida.

O casal foi levado à Delegacia de Polícia, onde foram indiciados por maus tratos à menor.