Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Janeiro de 2021

Policial

Em 2012, PM apreendeu 61 toneladas de maconha no interior do Estado

Para prevenir as ações dos traficantes, a Polícia conta com o trabalho do Serviço de Inteligência, especialmente na região de fronteira

Campo Grande News

08 de Janeiro de 2013 - 16:21

As apreensões de maconha no interior de Mato Grosso do Sul bateram recorde em 2012, conforme balanço divulgado hoje pela PM (Polícia Militar). Foram 62,7 toneladas da droga tiradas de circulação durante o ano passado, número que é quase 50% na comparação com as 42 toneladas de 2011.

 

A maior parte das apreensões foi realizada pela PMR (Polícia Militar Rodoviária), Batalhões de Amambai, Paranaíba, Três Lagoas, Cassilândia e Chapadão do Sul.

 

Para o chefe do CPI (Comando de Policiamento do Interior), Nelson Antônio da Silva, o aumento se deve a intensificação do trabalho e também pela extensa fronteira do Estado com Bolívia e Paraguai.

 

“A produção da maconha aumentou e os traficantes estão cada vez mais ousados. Eles vêm por estradas vicinais, rodovias asfaltadas e tentam a sorte”, explica.

 

Para prevenir as ações dos traficantes, a Polícia conta com o trabalho do Serviço de Inteligência, especialmente na região de fronteira

 

“É o combate ao tráfico, como orienta o comandante, Coronel Carlos David dos Santos, que apesar de não ser um trabalho constitucional da PM, tem atenção pelo nosso posicionamento e as rodovias estaduais”, explicou.

 

Do total de maconha recolhida no interior, 19 toneladas foram apreendidas pela PMR nas nove bases nas rodovias estaduais.

 

“São principalmente em Amambai, no distrito de Amandina, em Ivinhema, em Dourados e Ponta Porã”, detalhou o comanda da Militar Rodoviária, Tenente-Coronel Jonildo Theodoro de Oliveira.