Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Policial

Ministério aprova rodovias de MS, mas alerta para 267 e fronteira

Os piores trechos estão na BR-267, que faz divisa com o estado de São Paulo, e em vias da fronteira

Campo Grande News

14 de Janeiro de 2011 - 09:52

Relatório do Ministério dos Transportes sobre todas as rodovias federais do País aponta que a maioria dos trechos em Mato Grosso do Sul está em boas condições de tráfego. A exceção é para a BR-267, nas proximidades de Casa Verde e vias na fronteira.

De acordo com o relatório, as oito rodovias federais no Estado estão com asfalto bom, possuem boa sinalização horizontal e vertical e possuem acostamento. Por esses motivos o ministério as qualificou como Boa Viagem. Alguns trechos receberam a cor amarela, a qual indica Atenção.

Os piores trechos estão na BR-267, que faz divisa com o estado de São Paulo, e em vias da fronteira. Na 267, em Casa Verde, o local está em obras, a pista está irregular, a sinalização é regular, o tráfego de caminhões é intenso e há vários remendos no asfalto. Por isso, o Ministério dos Transportes orienta trafegar em baixa velocidade.

Nas faixas de fronteira – Sanga Puitã e Porto Murtinho, é preciso também mais cuidado por parte dos motoristas. Há trechos sem acostamentos, sinalização regular e obras.

O relatório aponta também que por conta da travessia de animais silvestres é preciso cuidados na BR-060 entre Jardim e Bela Vista; BR-060, em Camapuã e BR-262 entre Aquidauana e Corumbá. Nesta última, há também obras de restauração.