Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 18 de Abril de 2021

Policial

Motorista vende carga da empresa e tenta subornar policiais após ser descoberto em MS

A Polícia Civil começou a investigar o caso, mas a história tinha vários ‘furos’. Foi descoberto que não houve assalto

Edição de Notícias

25 de Outubro de 2014 - 08:53

O motorista Vanderley da Silva Pereira, de 40 anos, foi preso nesta sexta-feira (24), em Coxim, após comunicar um falso crime à Polícia Civil e ainda tentar subornar os policiais após ser descoberto. De acordo com o site ele vendeu a carga de combustível da empresa que trabalha e depois disse à polícia que havia sido roubado.

Na manhã da sexta, ele procurou a Delegacia de Polícia Civil para informar que tinha sido rendido por dois assaltantes, que levaram 20 mil litros de gasolina pura da carreta bitrem que conduzia. Ele disse que foi rendido num posto de combustíveis nas margens da BR-163, em Coxim, e levado até a curva da Rosa, onde teria sido mantido na cabine sob ameaça de revólver para que a dupla roubasse o combustível.

A Polícia Civil começou a investigar o caso, mas a história tinha vários ‘furos’. Foi descoberto que não houve assalto e que o caminhoneiro havia vendido os 20 mil litros de gasolina pura, por R$ 0,50 o litro, em duas cidades do interior de São Paulo e uma de Mato Grosso do Sul.

Os policiais chegaram até os compradores com um mapa da seguradora, que indicava onde o motorista tinha parado. Ainda conforme o site Edição de Notícias, quando a farsa foi descoberta, Pereira tentou subornar a polícia, oferecendo os 10 mil litros de gasolina que restavam no bitrem.

O homem foi preso em flagrante, ouvido e levado para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim. Ele vai responder por falsa comunicação de crime e corrupção ativa, crime que é inafiançável. A carreta foi apreendida e deve ser entregue ao proprietário.