Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Outubro de 2020

Policial

Polícia abre inquérito para apurar morte de vereadora

De acordo com o B.O, o condutor perdeu o controle da direção, a caminhonete capotou e Cida Alves foi arremessada fora do veículo.

Dourados Agora

26 de Novembro de 2012 - 08:50

A Polícia Civil de Deodápolis abriu inquérito para apurar o acidente que matou a vereadora reeleita no último pleito, Maria Alves de Assis Souza (PSDB), mais conhecida como "Cida Alves", de 37 anos. Ela estava numa caminhonete S-10 daquele município, que saiu da pista e capotou.

Conforme o boletim de ocorrência, era o marido dela quem estava ao volante. O pecuarista Edson Paulino de Souza, de 38 anos. Segundo a polícia, o casal tinha acabado de sair da chácara onde reside, em Deodápolis, e seguiam pela rodovia MS-276, que liga aquele município à cidade de Ivinhema.

De acordo com o B.O, o condutor perdeu o controle da direção, a caminhonete capotou e Cida Alves foi arremessada fora do veículo. O casal foi encaminhado ao Hospital de Deodápolis, onde a vereadora morreu logo depois.

A princípio foi divulgado que Edson estaria no banco do carona mas, segundo o B.O, era ele quem conduzia a caminhonete.