Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Policial

Polícia investiga dois homicídios em Dourados

O acusado subiu na pedaleira, andaram pouco mais de cinco metros e ouviu-se o primeiro tiro

Dourados Agora

20 de Janeiro de 2011 - 07:43

A Polícia Civil de Dourados investiga dois homicídios que aconteceram na manhã de ontem, em menos de duas horas. Os casos não têm relação. Conforme noticiou o Douradosagora, o primeiro homicídio ocorreu por volta das 8h40.

A vítima é filho de um policial e de uma funcionária da Secretaria Municipal de Saúde. Victor Hugo da Rosa Castiho foi morto com três tiros na cabeça, na altura da nuca. Segundo a polícia, o assassino caminhava com a vítima, que empurrava uma bicicleta minutos antes dos tiros.

Victor sentou-se no banco da bicicleta e começou a pedalar. O acusado subiu na pedaleira, andaram pouco mais de cinco metros e ouviu-se o primeiro tiro. Victor caiu e levou mais dois, bem de perto. Morreu no local. O homicida, que pouco antes conversava e caminhava com a vítima, ainda não foi preso, mas a polícia está no encalço.

NA ALDEIA

Outro homicídio registrado ontem aconteceu na região da Reserva Indigena de Dourados, por volta das 10h30. A indígena Fátima Oliveira da Silva, de 30 anos, saiu de casa na tarde de segunda-feira, com mais de R$ 150 para fazer compras na região da MS-156, que corta a Reserva, e sumiu.

O corpo foi encontrado perto de uma pedreira desativada às margens da rodovia de acesso entre Dourados e Itaporã. Estava seminu, trajando apenas uma blusa. A polícia acredita que ela sofreu violência sexual e foi morta por esganadura. O assassino teria usado as mãos para matar Fátima. A polícia está à procura de mais este homicida.