Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 29 de Janeiro de 2022

Policial

Preso acusado de matar taxista em dezembro em Dourados

Segundo o site Dourados Agora, a Polícia do SIG (Serviço de Investigações Gerais) deve apresentar Adonilso nessa tarde.

Campo Grande News

31 de Maio de 2011 - 15:52

Foi preso hoje o acusado de matar o taxista Silas Soares Leite, 60 anos, em dezembro do ano passado, em Dourados, município distante 233 quilômetros da Capital. Adonilso Canteiro da Silva, 22 anos, conhecido como "Brinquinho" ou Paraguai, disse aos policiais que matou o taxista porque ele reagiu ao assalto.

Segundo o site Dourados Agora, a Polícia do SIG (Serviço de Investigações Gerais) deve apresentar Adonilso nessa tarde.

O assassinato aconteceu no dia 3 de dezembro do ano passado, mas a Polícia só localizou o corpo no dia seguinte, por volta das 13h. A vítima tinha saído para para fazer uma corrida.

Na época, o corpo do homem foi descoberto por funcionários de uma usina, que telefonaram para a polícia, que foi até o local e identificou sendo o taxista desaparecido. Silas estava caído no meio do mato nas imediações do Praia Clube, entre o trevo do HU (Hospital Universitário) e Laguna Carapã.

No local, foi encontrada uma faca pequena aproximadamente cinco metros do corpo. O rosto de Silas Soares apresentava hematomas o que leva a crer que houve luta corporal e agressão com uma barra de ferro ou de pau.

O taxista fazia ponto no Terminal Rodoviário.