Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 28 de Janeiro de 2022

Política

Afastamento de Bernal poderá ser discutido na primeira reunião da Comissão Processante

O vereador Alceu Bueno (PSL) disse que irá consultar o Ministério Público sobre o afastamento de Bernal e caso haja legalidade nesse requerimento, ele deverá ser a favor dessa medida.

Midiamax

15 de Outubro de 2013 - 15:46

Após os vereadores da Câmara Municipal aprovarem por 21 votos a 8 a abertura da Comissão Processante contra o prefeito Alcides Bernal (PP) na manhã desta terça-feira (15), o que está em pauta é o pedido de afastamento ou não do prefeito de Campo Grande durante as investigações.

Ao ser questionado sobre o afastamento do prefeito Alcides Bernal, o presidente da Comissão Processante Edil Albuquerque (PMDB), afirmou que não tem conhecimento jurídico sobre isso, mas acredita que o mandatário da capital deveria se afastar do cargo por conta própria enquanto as averiguações da comissão estejam sendo realizadas.

Já para o relator da Comissão Processante Flávio César (PMDB), a partir do momento em que foi instaurada uma comissão como essa, seria mais produtivo, seguro e transparente se o prefeito fosse afastado.

O vereador Alceu Bueno (PSL) disse que irá consultar o Ministério Público sobre o afastamento de Bernal e caso haja legalidade nesse requerimento, ele deverá ser a favor dessa medida.

No entendimento do presidente da Câmara Mario Cesar (PMDB), o afastamento não é necessário, o importante é ver se as explicações dadas serão contundentes ou não. A primeira reunião que dará inicio aos trabalhos da Comissão Processante acontecerá nesta quarta-feira (16), às 10h, no gabinete do vereador Alceu Bueno.