Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 26 de Outubro de 2020

Política

André convoca bases eleitorais para ajudar Giroto na Capital

Conjuntura On-line

15 de Outubro de 2012 - 10:00

Na tentativa de virar o quadro em favor da candidatura de Edson Giroto (PMDB) em Campo Grande, o governador André Puccinelli se reúne na tarde desta segunda-feira (15) com as bases eleitorais peemedebistas e políticos aliados.

Durante o encontro, previsto para as 17h30 na Associação Nipo-Brasileira, o governador deve pedir empenho de todos a fim de alavancar a candidatura de Giroto, que disputa o segundo turno das eleições com Alcides Bernal (PP).

A ordem na cúpula peemedebista, além de convocar todos os prefeitos do interior, inclusive os eleitos em 7 de outubro, é mobilizar todo staf político, inclusive deputados estaduais e federais, vereadores, secretários de Estado, no sentido de reverter o quadro.

Não passa pela cabeça do governador a ideia de ser derrotado pelo candidato da oposição, até porque seu maior trunfo é fazer seu sucessor em 2014.

Antes disso, porém, o líder peemedebista aguarda uma posição do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), o terceiro mais votado no primeiro turno das eleições, que deve anunciar nesta segunda-feira quem apoia nesta fase da disputa.

Azambuja está sendo assediado tanto por Giroto quanto Bernal. 

Também no início desta semana, o comando do PPS deve oficializar apoio à candidatura de Bernal, conforme o vereador e ex-candidato a vice-prefeito na chapa tucana, Athayde Nery, adiantou à imprensa no fim de semana.

A organização do evento desta segunda-feira está sendo feita pelo deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), líder do governo na Assembleia Legislativa.

PESQUISA

O comando da campanha de Giroto também aguarda com grande expectativa o resultado de pesquisa do Ibope, que deve ser divulgado nesta terça-feira.

No fim de semana, o ex-deputado estadual Youssif Domingos (PMDB), assessor especial do governo, divulgou com certo entusiasmo em sua página no Facebook, que o Ibope havia registrado pesquisa no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), comprovando a expectativa dos peemedebistas quanto aos próximos números estratégicos.