Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Política

Arceno consegue indústria ecológica de tijolos para Glória de Dourados

Demerval Nogueira/Região News

11 de Dezembro de 2010 - 09:42

Arceno consegue indústria ecológica de tijolos para Glória de Dourados
Arceno consegue ind - Foto: Demerval Nogueira

O município de Glória de Dourados, com aprovação da Câmara Municipal de Vereadores está doando uma área de terra, com 3.908,54 m2/>, de frente a Necrópole local, BR-376, proximidades da Quadra Poliesportiva, Vila Industrial, onde abrigará a Eko-Japan, Indústria e Comércio de Tijolo Ecológico Ltda, de propriedade dos industriais, Lauro Shindio Tawata e Angérica Hidemi Ohashi, que dispõe de sede na cidade de Fátima do Sul. Além dos terrenos doados, o município também está doando, com o crivo do Legislativo, uma Estrutura de Pré-Moldado, medindo 12 metros/> de largura, por 30 metros/> de comprimento.

A Lei Municipal nº. 930, de 8 de dezembro de 2010, de autoria do Poder Executivo gloriadouradense destaca que, a Eko-Japan deverá empregar no mínimo 15 funcionários, além de manter suas atividade no local, por no mínimo 10 anos. A Indústria ainda se compromete, de conformidade com a lei, não transferir ou vender o imóvel, por um prazo de 10 anos, além de não alienar o mesmo, exceto no caso de garantia para financiamento com a restrita finalidade de obtenção de recursos para investimentos na própria indústria.

Conforme informações do diretor presidente da Eko-Japan, a previsão de iniciar os trabalhos de construção está prevista para o 1º trimestre de 2011. Lauro Tawata falou sobre a importância de trabalhar com este tipo de material de construção afirmando, “existe muita economia em usar materiais de construção com tecnologia ecológica, que varia em torno de 30% a 40%”, emendando ainda disse, “este material de construção ecológico dispensa corte em paredes, mesmo porque, os furos já servem para instalar fios e canos da parte elétrica e hidráulica da obra”. A sócia proprietária, Angérica Ohashi comenta, “a obra fica bem mais em conta, tendo em vista que, as colunas da edificação dispensam o uso de cimento, levando em consideração também que, os tijolos e blocos são montados através de perfeito e fácil encaixe”.

As construções que utilizam os materiais ecológicos mantêm-se com temperatura amena, graças aos orifícios contidos nos blocos e tijolos. Outro fator interessante e que deixa a obra menos onerosa, é a dispensa de profissional da área, porque os tijolos são encaixados uns aos outros, sem maiores dificuldades. Primeiramente, a Eko-Japan pretende trabalhar com a tecnologia ecológica na fabricação de tijolos, blocos de concreto e pavers, que são conhecidos também como Pisos Intertravados de Concreto, que evita a impermeabilização do solo, devido sua alta capacidade de drenagem da água da chuva através de suas juntas. A industrialização de materiais de construção com tecnologia ecológica dispensa a queima de madeira. A Eko-Japan vem estudando e trabalhando há mais de dois anos com este tipo de material de construção ecologicamente correto.

O prefeito Arceno Athas Júnior relata os esforços não somente com o intuito de abrir escala para novos empregos, mas também colaborar com o meio ambiente. “Nosso objetivo é abrir novos empregos e ao mesmo tempo dar a nossa contribuição e sustentabilidade ao ecossistema. Nós acreditamos na Eko-Japan através dos seus dirigentes e, com certeza em 2011 nós teremos uma nova indústria operando em nosso município”, disse Athas atrelando ainda, “agradecemos à Câmara de Vereadores que não mediu esforços no sentido de aprovar e solidificar mais este projeto que é de alta envergadura e profunda relevância à nossa terra e à nossa gente”. Para melhores informações sobre materiais de construção com tecnologia ecológica, ligue: (67) 3467-5066, 9675-2311, ou no endereço eletrônico: eko-japan@hotmail.com