Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Política

Bernal pede vice e secretarias para fechar aliança com PMDB

Participaram da reunião a presidente do diretório municipal, Roberta Stefanella, prefeito Daltro Fiuza e o dirigente peemedebista Eurico.

Flávio Pae/Região News

13 de Junho de 2012 - 09:05

O PP admite se aliar ao PMDB na disputa pela Prefeitura de Sidrolândia, mas reivindica indicar a vice na chapa encabeçada pelo empresário Acelino Cristaldo, espaço na futura administração e estrutura para o partido eleger pelo menos dois vereadores. O nome da empresária Maria Gilca foi lembrado como uma alternativa para ser a vice.

“Antes de mais nada, teremos de convencê-la a desistir da sua pré-candidatura”, declarou o deputado Alcides Bernal, presidente regional do Partido Progressista. Nesta terça-feira foi mantida a primeira conversa entre Acelino, dirigentes municipais peemedebistas com o presidente regional do Partido Progressista, o deputado Alcides Bernal.

Participaram da reunião a presidente do diretório municipal, Roberta Stefanella, prefeito Daltro Fiuza e o dirigente peemedebista Eurico. O deputado reconheceu que Acelino tem uma trajetória pessoal de empreendedor condizente as expectativas da população que está cansada dos “velhos caciques” e espera pela renovação dos seus dirigentes.

“Ele tem plenas condições de modernizar a administração de Sidrolândia e executar um programa de governo para melhorar as condições de vida da população”, enalteceu o deputado, que na próxima semana se reunirá com o diretório municipal do PP para definir os rumos do partido na eleição de outubro.

O pré-candidato do PMDB achou positivo o encontro, mas disse que qualquer definição sobre o vice dependerá de um amplo entendimento com os partidos aliados. “A dona Gilca tem todas as qualificações para ser vice. Mas não posso esquecer que o PR também reivindica o posto”, destaca Acelino.