Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Junho de 2024

Política

Beto Teles nega que tenha trocado cargo de R$ 5 mil por apoio ao PMDB

Ele afirma que resolveu caminhar com o PMDB por entender que terá maior espaço na governabilidade, além de ajudar na construção o plano de governo

Marcos Tomé/Região News

09 de Junho de 2012 - 15:21

O presidente do diretório municipal do PTdoB, professor Elberto Teles, negou as acusações de que tenha, em beneficio próprio, trocado cargos na administração pública municipal por apoio de seu partido ao candidato peemedebista, o empresário Acelino Cristaldo. Beto diz durante entrevista que esta sendo alvo de retaliações politicas por não apoiar o projeto encabeçado pelo tucano Enelvo Felini.

Acuado, ele procurou a redação do jornal eletrônico regiãonews para esclarecer os fatos e acusações envolvendo seu nome. O PTdoB havia fechado acordo politico com a candidatura tucana, más, por razões ideológicos partidárias e acomodações no futuro governo, caso o pré-candidato tucano vier a obter êxito nas urnas, Beto voltou atrás.

Ele afirma que resolveu caminhar com o PMDB por entender que terá maior espaço na governabilidade, além de ajudar na construção o plano de governo do pré-candidato Acelino Cristaldo. “Não há razão para tanto ódio. Só porque não quisemos caminhar do lado de lá, estão nos taxando de bandido”, desabafa. Clique no player e assista a entrevista.