Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 4 de Agosto de 2021

Política

Bolzan diz que se mantém na base do prefeito e vai trabalhar por Sidrolândia

Bolzan fez campanha para João Grandão, eleito deputado estadual e Antônio Carlos Biffi, que não conseguiu se eleger deputado federal.

Flávio Paes/Região News

27 de Outubro de 2014 - 16:41

Embora tenha feito campanha para os candidatos do seu partido (Delcidio do Amaral para o Governo e Dilma Roussef, que tentava a reeleição para Presidência), o vereador Sérgio Bolzan não vê nenhuma dificuldade para se manter na base do prefeito Ari Basso, do PSDB, partido que polarizou  a disputa com o PT no Estado e no âmbito nacional.

“A eleição terminou e agora vamos retomar nosso trabalho em favor de Sidrolândia. Em 2012, fizemos parte da coligação que ajudou a eleger o prefeito e nosso compromisso de aliança vai até o fim do seu mandato, em dezembro de 2016”,  sustenta Bolzan, que ao contrário do seu colega de bancada, Edvaldo dos Santos, tem se mantido alinhado com o governo municipal, mantendo aliados dentro da máquina administrativa, especialmente na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, comandada por Cezar Queiroz.

“Não faço parte do diretório municipal. Cabe ao partido avaliar esta questão do Vadinho”, analisa Bolzan, que não apoiou o seu  colega de bancada que foi candidato a deputado estadual. Bolzan fez campanha para João Grandão, eleito deputado estadual e Antônio Carlos Biffi, que não conseguiu se eleger deputado federal. Desde o início do ano Vadinho bandeou-se para oposição,depois de passar 2013 na defesa do prefeito, atuando como líder.

“Teremos agora no João um parceiro importante na Assembleia Legislativa para viabilizar emendas e tivemos um contato inicial com o Zeca do PT, que como o mais votado em Sidrolândia para à Câmara Federal, tem compromisso de ajudar a cidade trazendo recursos federais para a agricultura familiar, infraestrutura urbana, habitação”, conclui Bolzan.