Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Política

Câmara vai repassar ao hospital R$ 100 mil para concluir nova ala do hospital

Ilson Peres (PSDB), diz que por consenso dos 13 vereadores, R$ 100 mil serão devolvidos ao Executivo para que a Prefeitura repasse por meio de convênio ao hospital.

Flávio Paes/Região News

25 de Novembro de 2014 - 23:07

Com os recursos economizados do seu orçamento deste ano, a Câmara Municipal vai custear a conclusão das obras da nova ala do Hospital Elmiria Silvério Barbosa que está sendo construída onde serão abertas 16 novas vagas de internação, além da pintura de todo o prédio do hospital. Segundo o presidente do Legislativo, Ilson Peres (PSDB), por consenso dos 13 vereadores, R$ 100 mil serão devolvidos ao Executivo para que a Prefeitura repasse ao hospital  por meio de convênio. “É mais uma contribuição que a Casa dá para melhorar as condições do atendimento prestado à população”, comenta. Peres lembra que durante sua gestão que termina em dezembro, terá repassado R$ 200 mil ao hospital.

 O presidente da entidade mantenedora do hospital, empresário Jair do Nascimento, se reuniu com os vereadores nesta terça-feira para agradecer o apoio que a instituição vem recebendo do Legislativo. “A Câmara tem sido uma parceira importante do hospital. Vereadores de todas as bancadas tem se articulado para viabilizar emendas junto ao Governo do Estado e a União, que vão garantir investimentos nas instalações e compra de equipamentos”, comenta Jair.

Ele lembra que em 2013 a Câmara viabilizou a compra de uma ambulância UTI modelo 2006, que foi paga em 10 parcelas de R$ 7 mil, além de pagar R$ 30 mil pelo projeto de construção de uma ala que abrigará a maternidade e um novo centro cirúrgico, orçado em R$ 1,2 milhão, emenda do deputado Geraldo Resende.

Ano passado o vereador David Moura de Olindo (SDD) viabilizou junto ao governador André Puccinelli, R$ 65 mil, que ajudaram o hospital a pagar o 13º dos funcionários. O vereador Waldemar Acosta (PDT) garantiu R$ 40 mil de uma emenda parlamentar do deputado George Takimoto (PDT) e o vereador Nelio Paim (PR), viabilizou R$ 500 mil no orçamento da União, com o deputado Fábio Trad, para compra de equipamentos.

 A nova ala que será concluída com os recursos da Câmara tem 270 metros quadrados. Com recursos próprios do hospital, já foram investidos R$ 143 mil, mas faltam alguns serviços de acabamento, com pintura, instalações hidráulicas e elétricas. O projeto inicial de aplicar o repasses do Legislativo na construção do novo prédio do ambulatório (com 70 metros quadrados), foi abandonado porque não é possível aplicar dinheiro público  num espaço onde são atendidos pacientes fora do SUS (particulares ou convênios).