Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Política

Candidatos calculam que campanha para prefeito vai custar R$ 2,7 milhões

As projeções de despesas foram encaminhadas para Justiça Eleitoral pelas coligações.

Flavio Paes/Região News

09 de Julho de 2012 - 08:16

A campanha dos quatro candidatos a prefeito de Sidrolândia vai custar R$ 2,7 milhões. As projeções de despesas foram encaminhadas para Justiça Eleitoral pelas coligações. Deste total, o candidato do PMDB, Acelino Cristaldo, vai gastar R$ 1,5 milhão, o que corresponde a 55% dos gastos totais.

O candidato do PSDB, Enelvo Felini, projeta um custo bem menor, R$ 880 mil, menos que o R$ 1,5 milhão que projetou na sua campanha de 2006, quando disputou uma vaga na Câmara Federal. O terceiro candidato com maior orçamento é o agricultor Valdir de Oliveira, candidato a prefeito pelo PSOL, que projeta gastos no valor de R$ 250 mil, embora tenha declarado como patrimônio apenas a propriedade de um Pálio Weekend, avaliado em R$ 13 mil.

Valdir conta com as contribuições dos filiados e de eventuais simpatizantes para avaliar este capital. Já o vice-prefeito Ilson Fernandes, candidato a prefeito pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), espera aplicar R$ 100 mil em sua campanha, valor próximo ao valor de R$ 120 mil que é quanto informou possuir de patrimônio em seu nome.