Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 18 de Abril de 2021

Política

Com mais de 94,34% dos votos apurados, Reinaldo é o novo governador do Estado

De sucesso empresarial, casado e pai de três filhos, ele foi em busca de novos desafios e, em 1996, se elegeu, pela primeira vez, prefeito de Maracaju

Flávio Paes/Região News

26 de Outubro de 2014 - 17:58

Com 94,34% das urnas apuradas, Reinaldo Azambuja (PSDB) é eleito governador de Mato Grosso do Sul. Foram 700.729 mil votos contra 563.528 do candidato Delcídio do Amaral (PT). Empresário do agronegócio, Azambuja acumula experiência política de pelo menos 12 anos.

Reinaldo começou faculdade, mas precisou abdicar do projeto para substituir o pai no comando dos negócios da família em Macaraju, garantindo um patrimônio de R$ 37,8 milhões.

De sucesso empresarial, casado e pai de três filhos, ele foi em busca de novos desafios e, em 1996, se elegeu, pela primeira vez, prefeito de Maracaju. Durante sua gestão, Azambuja afirma ter tirado o município da 12ª posição e o transformou na 5ª maior economia do Estado. Quatro anos depois, foi reeleito e, no segundo mandato, assumiu a presidência da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Em 2007, disputou vaga de deputado estadual e foi eleito com a maior votação da época. Participou de oito comissões no legislativo, entre elas a CCJR (Comissão de Constituição e Justiça e Redação), a mais importante da Assembleia. Quatro anos depois, assumiu a cadeira como deputado federal e levantou bandeira em defesa do agronegócio, um dos principais segmentos econômicos do Estado.

No período, ajudou a formar a Frente Parlamentar do Agronegócio, principalmente, em busca do fim dos conflitos indígenas.

Reinaldo também comandou o diretório estadual do PSDB em 2007 e foi reconduzido ao cargo em 2011. A sua última disputa eleitoral foi em Campo Grande, quando concorreu a prefeitura e ficou na terceira colocação, obtendo 25,90% dos votos.