Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 23 de Junho de 2024

Política

CPI aprova reconvocação de Carlos Cachoeira para depoimento

Cachoeira esteve na CPI no dia 22 de maio, mas não respondeu perguntas. Comissão também aprovou a convocação de outros suspeitos do esquema.

G1

14 de Agosto de 2012 - 10:25

Os parlamentares que integram a CPI Mista que investiga as relações do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários, aprovaram a reconvocação do bicheiro. A votação foi feita de maneira simbólica, quando a Mesa chama os nomes e aguarda a manifestação contrária de um parlamentar. A data do depoimento ainda não foi marcada.

Cachoeira já esteve na CPI Mista no dia 22 de maio, mas diante da negativa em responder as perguntas dos parlamentares, a sessão foi encerrada. Na ocasião, o contraventor chegou a dizer que "ajudaria" a CPI após a audiência na Justiça Federal de Goiânia. A audiência ocorreu no final de julho, mas Cachoeira também se manteve em silêncio diante do magistrado.

"Eu ajudaria muito, deputado, mas somente depois da minha audiência. Por enquanto, ficarei calado, como manda a Constituição", declarou Cachoeira em 22 de maio.

Outros
Além de Cachoeira, os integrantes da CPI Mista também aprovaram a convocação de outras pessoas suspeitas de participação no esquema do contraventor. Foram convocados para depoimentos Gil Tavares, Geraldo Messias, André Teixeira Jorge, Fabio Passaglia, Alex Antonio Trindade de Oliveira, Leide Ferreira da Cruz, Polyana Barbosa de Carvalho, João Furtado de Mendonça Neto, Marcos Teixeira Barbosa, Francisco de Assis Oliveier, Fausto José Passaglia Junior, Conrado Caiado Viana, Frederico Márcio Arbex, Adriana Sauthier Accorsi e Edson costa Araujo.