Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Política

Delcídio assina ordem de serviço e anuncia investimentos

O senador vai oficializar a liberação de R$ 1 milhão do Ministério da Saúde para a construção de um aterro sanitário e a implantação da coleta seletiva de lixo

Dourados News

17 de Dezembro de 2010 - 14:47

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) promove neste sábado, 18 de dezembro, às 10h, um ato político no Centro de Convenções Miguel Gomez, em Corumbá, para a assinatura de ordem de serviço e o início de licitação  para execução de obras no município, além do  anúncio de novos investimentos que beneficiarão todo o  Pantanal. A solenidade contará com a presença dos prefeitos e vereadores da região.

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria de Oliveira, assinará ordem de serviço para dar início às obras de restauração do antigo prédio da Alfândega de Corumbá.

O imóvel passou ao patrimônio da UFMS a pedido de Delcídio, que também viabilizou R$ 5 milhões no Ministério da Educação para recuperar e equipar o prédio. Ali vão funcionar cursos de Educação Física e Música, além de laboratórios e espaços para atividades culturais.

O senador vai oficializar a liberação de R$ 1 milhão do Ministério da Saúde para a construção de um aterro sanitário e a implantação da coleta seletiva de lixo em Corumbá e , anunciará vários outros investimentos, como a garantia de R$ 1,4 milhão do Ministério da Pesca para a compra de uma lancha com a qual a Polícia Militar Ambiental reforçará a fiscalização dos rios do Pantanal, e três emendas individuais : R$ 2 milhões para obras de infraestrutura urbana em Corumbá, R$ 300 mil para a aquisição de uma lancha para a Polícia Federal ampliar o combate a criminalidade na região e R$ 200 mil para a prefeitura investir no carnaval do ano que vem.

Delcídio falará também sobre as negociações para inclusão no Plano Plurianual de Investimentos do governo federal de recursos para a recuperação do Rio Taquari, da extensão do Programa Luz para Todos às regiões mais distantes do Pantanal e de dois atos do Serviço de Patrimônio da União, que permitirão a regularização de uma área quilombola em Corumbá e a posse da terra na região do Porto da Manga.