Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Outubro de 2021

Política

Delcídio diz que Jerson é seu parceiro e não há outros interesses políticos

Jerson afirmou no início da semana que a aliança entre o PT e PMDB em Mato Grosso do Sul é a melhor alternativa para as legendas e para o Estado.

Campo Grande News

08 de Agosto de 2013 - 14:09

O senador Delcídio do Amaral (PT) afirmou que o deputado estadual Jerson Domingos (PMDB) é seu parceiro e amigo na política e que não há outros interesses em seu apoio a sucessão estadual.

De acordo com o petista, Jerson sempre houve um grande “respeito” entre eles e que este trabalho em conjunto com o deputado existe há muito tempo. “Não existem interesses ocultos e políticos, somos parceiros”, ponderou.

Jerson afirmou no início da semana que a aliança entre o PT e PMDB em Mato Grosso do Sul é a melhor alternativa para as legendas e para o Estado. Ele ainda revelou que votaria em Delcídio mesmo que o PMDB indicasse um candidato.

Os peemedebistas reclamam da declaração, dizendo que não contribui e atrapalha o projeto de candidatura própria do partido, porém enaltecem que esta é uma posição “pessoal” de Jerson e não uma vontade do partido.

Reunião – Hoje à tarde o PT realiza uma reunião interna no escritório do senador Delcídio do Amaral (PT0 para decidir sobre a composição do diretório estadual. A reunião que acontece às 16h tem como finalidade evitar que haja disputa pelos cargos do diretório entre as três correntes internas do partido. “Vamos tentar acalmar a situação e buscar a unidade, as reuniões do PT são sempre calmas e tranquilas”, ironizou o senador.

Até o momento o PT decidiu apenas pelo presidente estadual que será Paulo Duarte (PT), no entanto os outros cargos estão indefinidos. Cogita-se colocar Marcus Garcia para a vice-presidência estadual, porém existe resistência do grupo do ex-governador Zeca do PT.