Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Novembro de 2020

Política

Diante de ataque, Nelsinho diz que Delcídio já está reagindo às pesquisas

Para o ex-prefeito Nelsinho, se Bernal fez alguma irregularidade terá de “arcar com as suas consequências” previstas na própria legislação.

Campo Grande News

21 de Janeiro de 2014 - 07:19

O pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, Nelsinho Trad, reagiu a declarações atribuídas ao senador Delcídio do Amaral (PT), afirmando que o petista está preocupado com as pesquisas eleitorais desfavoráveis. “Para mim esse tipo de ataque tem a ver com mudança de cenário. Isso aí tem nome e sobrenome, chama-se pesquisa eleitoral. As nossas pesquisas de consumo interno têm mostrado declínio do adversário e ascensão de nossa candidatura, sendo que em Campo Grande já estamos na frente”, afirmou Nelsinho.

Via Facebook, o senador Delcídio do Amaral postou uma gravação em que afirma que a família Trad vive perseguindo cargos públicos. “O que foi quebrado em 2012 foi uma ‘tradição’ que lamentavelmente insiste em permanecer no poder, não só em Campo Grande, mas no Estado, na Câmara, onde tiver um cargo essa 'tradição' persegue incansavelmente o poder”, declarou o petista. Nesse mesmo áudio, sem citar nomes, o senador dá a entender que os Trad estariam trabalhando pela cassação do prefeito Alcides Bernal (PP). “São esses que estavam querendo tirar alguém eleito pelo povo democraticamente”, afirmou.

Nelsinho Trad nega qualquer envolvimento em mobilização pela cassação de Bernal. “Quem está conduzindo essas questões do prefeito Bernal é a Câmara, composta por 29 vereadores, e órgãos de controle, como Tribunal de Contas e Ministério Público. E por uma coincidência essas três instituições comungam da mesma direção, que houve improbidade administrativa”, disse o peemedebista.

Para o ex-prefeito Nelsinho, se Bernal fez alguma irregularidade terá de “arcar com as suas consequências” previstas na própria legislação. “Eu não estou preocupado, tampouco envolvido nessas questões, que pra mim têm toda a prerrogativa e legitimidade dessas instituições em se ocupar dessa história”, declarou. “Estou preocupado em terminar minha gestão frente à Secretaria que comando e me preparando para ser o governador de Mato Grosso do Sul”, acrescentou.

Em seguida, Nelsinho lamentou esse tipo de prática. “Essa baixaria de ficar querendo atacar o adversário com meias palavras é típico daquele que diz que é de todos e acaba não sendo de ninguém”, criticou o atual secretário estadual de Articulação com os Municípios, fazendo referência à frase que Delcídio usou na campanha eleitoral para o Senado, autoproclamando-se como “o senador de todos”.

Para Nelsinho, o ataque de Delcídio se contradiz como os elogios do passado, que fez à sua família, inclusive ao finado deputado federal Nelson Trad, a quem enalteceu há alguns anos pela “seriedade e honestidade”. “A mim também ele cansou de falar em eventos da Prefeitura de Campo Grande, fazendo elogios e agora age dessa forma”, apontou o ex-prefeito.

O senador Delcídio do Amaral foi procurado, através de sua assessoria de imprensa, para responder à manifestação de Nelsinho Trad, mas não deu retorno até o fechamento desta matéria.