Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Política

Esquenta o clima entre os petistas e Marquetti se desentende com Gilmar

Marcio teria acusado Gilmar de ter se aliado ao grupo do vereador Jean Nazareth, para remanejar o PT numa política de aliança com o PMDB.

Redação

23 de Junho de 2012 - 11:13

O petista e ex-secretário de Assistência Social do município de Sidrolândia, Marcio Marquetti, por pouco não entrou em vias de fato, com o presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, Gilmar Antunes, na noite de ontem num bar localizado no centro da cidade. O fato teria ocorrido por volta das 20 horas.

Após a Executiva nacional do PT ter barrado aliança com o PSDB, alinhamento defendido pela maioria dos membros do diretório, e mantido o encontro para este sábado (23), delegando ao secretário de organização política do partido, Paulo Atílio Pereira, a tomar frente no processo de eleição com os filiados, Marquetti teria isolado Gilmar por não ter conseguido produzir efeito contrário a esta decisão.

Segundo informações, Marcio teria acusado Gilmar de ter se aliado ao grupo do vereador Jean Nazareth, presidente da Câmara, para remanejar o PT numa política de aliança com o PMDB. Diante do impasse, o ex-secretário mantinha o silêncio e resolveu cortar as conversações com o presidente do partido.

O clima esquentou quando o empresário petista Roberto da Farmácia mantinha conversa informal com Marquetti. Dado momento Gilmar ligou para Roberto que teria dito estar com Marcio naquele instante. Gilmar então alegou que precisava dialogar com o ex-secretário e estaria se dirigindo até o local para tratar de alguns assuntos.

Ao perceber a manobra, Marquetti teria se recusado a falar com Gilmar, levantou-se e foi em direção à porta. Neste momento Gilmar chega ao local e começa a discussão entre os líderes petistas. De dedo em riste, Marcio troca acusações e classifica de palhaçada o momento político em que o partido vive.

Para acalmar os ânimos, é provável que a turma do deixa disso tenha entrado na discussão. Algumas horas depois do ocorrido, é apresentado à imprensa um documento de teor suspensivo ao encontro do partido programado para este sábado. Esta notificação não teria chego ao conhecimento da secretaria de organização politica do PT, Paulo Atílio Pereira, que mantém o encontro com os filiados.