Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Política

Ficha Limpa tira da disputa ex-prefeito de Paranhos e tucanos, substituem candidato

Heliomar recorreu da sentença ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que negou provimento ao recurso conforme Acórdão de número 7217.

Marcos Tomé/Região News

03 de Setembro de 2012 - 08:45

O ex-prefeito Heliomar Klabunde, do PSDB, esta fora da disputa eleitoral na cidade de Paranhos. Ele teve o registro de candidatura a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo empresário Jefferson Werner Adriano Salamon, “Jefferson da Maquisserras” negado pelo Juiz Eleitoral, Dr. Mauricio Miglioranzi Santos, titular da 46ª Zona Eleitoral.

 

Heliomar recorreu da sentença ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que negou provimento ao recurso conforme Acórdão de número 7217, mantendo a sentença recorrida, no caso, pela inelegibilidade do candidato com base na Lei da Ficha Limpa. Segundo informações, Heliomar não recorreu da decisão ao TSE.

 

Os advogados da coligação “Competência e Credibilidade” acharam por bem, substituir o candidato pelo produtor rural, Oscar Feliciano dos Santos. Heliomar foi uma das primeiras vítimas da Lei da Ficha Limpa no Mato Grosso do Sul.

 

O ex-prefeito teve o pedido de registro negado pela Justiça Eleitoral em decorrência do parecer do Tribunal de Contas (TCE/MS) que detectou um rombo orçamentário de R$ 484.186,52 aos cofres públicos e rejeitou suas contas. A Câmara Municipal de Vereadores ratificou o parecer do Tribunal.

 

O Ministério Público pediu a impugnação da candidatura de Heliomar e a suspenção de seus direitos políticos por 8 anos, contados a partir da decisão irrecorrível proferida pela Casa Legislativa, no dia 29 de fevereiro de 2012”, ou seja, o ex-prefeito está inelegível até 2020.

 

O ex-prefeito, até a decisão da Câmara Municipal, rejeitando suas contas relativas ao ano de 2003, era apontado como favorito para disputar a eleição pelo PSDB. Mesmo diante do risco de ter sua candidatura impugnada por conta da Lei da Ficha Limpa, foi indicado para compor a chapa de vice encabeçada pelo empresário Jefferson Maquisseras.