Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Outubro de 2021

Política

Governo faz levantamento de todas as áreas de risco

Um ofício foi encaminhando a todas as prefeituras, pedindo os dados

Campo Grande News

26 de Janeiro de 2011 - 16:19

Governo faz levantamento de todas as áreas de risco
Secret - Foto: Divulga

O governo estadual está fazendo um levantamento nos 78 municípios de Mato Grosso do Sul para em 2 anos retirar todas as famílias das áreas de risco e em 4 anos acabar com todas as favelas.

Um ofício foi encaminhando a todas as prefeituras, pedindo os dados. “Pedimos informações complementares. Ninguém melhor do que as prefeituras para saberem sobre as áreas de risco”, afirmou o secretário Carlos Marun (Habitação).

O último levantamento foi feito em 2009. Na época, foram constatados quase 3.000 pessoas vivendo em áreas de risco.

A previsão é de que 50 mil casas sejam construídas nos próximos 4 anos. Durante o primeiro mandato, 44.236 casas foram garantidas, com mais de 20.000 entregues e as outras em construção ou com contrato assinado.

Ao PAC 2, governo e prefeituras de Mato Grosso do Sul apresentaram nove projetos, atendendo igual número de municípios, no valor de R$ 89 milhões (R$ 76 milhões são referentes aos seis projetos do governo estadual).

Os projetos contemplam famílias que moram em áreas de riscos ou de vulnerabilidade. As prefeituras que apresentaram projetos são Sidrolândia, Coxim e Pedro Gomes.

Já as cidades que receberão os investimentos por meio de projetos apresentados pelo Estado são: Anastácio, Aquidauana, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Ivinhema e Sete Quedas.

Dentro do PAC 2 estão previstas também obras de infra-estrutura como drenagem e pavimentação, além de projeto social. A liberação do dinheiro está prevista para ter início ainda neste ano.