Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Política

Juiz decide manter vereadores afastados da Câmara de Dourados

O juiz Eduardo Machado Rocha concedeu nesta quarta-feira medida liminar mantendo afastados os nove vereadores por mais 90 dias.

Dourados News

30 de Dezembro de 2010 - 07:38

Os vereadores de Dourados que foram presos durante a Operação Uragano vão continuar longe da Câmara de Vereadores. O juiz Eduardo Machado Rocha concedeu nesta quarta-feira medida liminar mantendo afastados os nove vereadores por mais 90 dias.

O pedido foi protocolado ontem pelos promotores Leonardo Dumont Palmerston, Romão Ávila Milhan Junior, Paulo César Zeni, Claudia Loureiro Ocáriz Almirão e Amílcar Araújo Carneiro Júnior do Ministério Público de Dourados.

O primeiro afastamento dos vereadores foi determinado pelo desembargador Rubens Bergonzi Bossay do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e venceria no dia 5 de janeiro.

Permanecem afastados os vereadores Aurélio Bonatto, Edvaldo Moreira, Humberto Teixeira Junior, José Carlos Cimatti, Zezinho da Farmácia, Júlio Luiz Artuzi (o Tio Júlio), Marcelo Barros e Paulo Henrique Amos Ferreira (o Bambu).

O pedido dos promotores considera que há necessidade da produção de mais provas, além da manutenção da ordem pública. Ainda na tarde de hoje a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Dourados deve ser notificada da decisão do magistrado.

O afastamento também é válido para os secretários municipais que participavam do esquema denunciado pela Uragano.