Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Política

Kelly do PT Estadual, diz que direção municipal foi irresponsável: Assista o vídeo

Pela manhã, os petistas lotaram o plenário e indicaram o nome do vereador Jean Nazareth como candidato a vice de Acelino Cristaldo do PMDB.

Marcos Tomé/Região News

01 de Julho de 2012 - 20:27

A convenção do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e partidos aliados durou um dia inteiro no plenário da Câmara Municipal de Sidrolândia no último sábado. Uma estratégia adotada pela comissão organizadora que prevendo um número maior que as dependências internas da Câmara pudessem comportar, resolveu dividir os vários atos políticos.

Pela manhã, o Partido dos Trabalhadores lotou o plenário e indicou o nome do vereador Jean Nazareth como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Acelino Cristaldo do PMDB. A secretária de finanças do PT estadual, Kelly Regina da Costa, criticou o posicionamento dos dirigentes do partido em Sidrolândia, que descumpriram o calendário eleitoral no município em favor de uma coligação com o PSDB.

Kelly afirma que no PT, quem ocupa o cargo de presidente ou participa como membro do diretório e às vezes, esta direção não representa o desejo da massa (maioria dos filiados). Ela explica que decisão de não se coligar com o PSDB partiu de um encontro realizada em setembro de 2011 onde mais de 2 mil delegados disseram não a este alinhamento, com raras exceções conforme previsto na resolução do partido, não é o caso de Sidrolândia.

Kelly foi além, chamou os membros que conduziram a convenção com o PSDB no último dia 24, de irresponsáveis e vão pagar por isso. “Na Comissão de Ética do partido, a minoria se submete a maioria com base em seu Estatuto. O PT não tem chefe e muito menos caciques, aqui quem manda é o povo”, reafirma.

No período da tarde foi à vez do PDT realizar sua convenção. Os 26 membros do diretório decidiram apoiar o candidato do PMDB, Acelino Cristaldo. O advogado Gerson Claro em seu discurso alfinetou o adversário nestas eleições ao afirmar que o PDT trata a todos com igualdade e respeito, que jamais abandonou o partido e talvez, “quem abandonou saia por ai falando coisas que não deve”, dando um recado a alguns membros que deixaram a sigla para apoiar o candidato tucano.

Assista a reportagem dos melhores momentos do PT.