Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Política

Mandado de busca e apreensão não intimida distribuição de material apócrifos, contra Jean

Cerca de mil jornais foram arremessados na madrugada de hoje nas entradas dos lotes dos assentamentos do complexo do Eldorado.

Marcos Tomé/Região News

13 de Setembro de 2012 - 18:08

O presidente da Câmara Municipal de Sidrolândia, Jean Nazareth (PT) foi à delegacia de Polícia Civil registrar Boletim de Ocorrência contra o jornal impresso Plantão MS em decorrência da distribuição de material apócrifos (duvidoso), publicado na edição de número 052 na última terça-feira, dia 11 de setembro.

O juiz da 31ª Zona Eleitoral, Dr. Marcelo Ivo de Oliveira, determinou a busca e apreensão de todo material jornalístico que tratou de uma suposta condenação por improbidade administrativa do gestor do legislativo. Ocorre que a informação publicada pelo jornal é de cunho político e não retrata a veracidade dos fatos, tem como objetivo macular a imagem do vereador, que é candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo empresário Acelino Cristaldo, do PMDB.

Apesar da determinação da Justiça Eleitoral que mobilizou uma equipe da Polícia Militar no cumprimento do mandado, desconhecidos não se intimidaram e pulverizaram exemplares em diversos assentamentos no interior do município. Cerca de mil jornais foram arremessados na madrugada de hoje nas entradas dos lotes dos assentamentos do complexo do Eldorado.

A matéria afirma que o atual presidente da Câmara teria sido condenado por improbidade administrativa, o que é mentira, dando nítidas evidencia de que o objetivo com tal afirmação é a de, desestabilizar eleitoralmente o candidato. “A matéria cumpre um papel, a de tentar formar opinião negativa a meu respeito, deixando de lado a responsabilidade jornalística, que é a de informar seus leitores de forma correta, sadia e sem vínculo, de forma imparcial”, comenta o vereador.

Um sitiante afirmou a reportagem do regiaonews que viu por volta das 2 horas da madrugada, dois veículos distribuindo os tais exemplares. Policiais estiveram recolhendo o material que foi entregue a Justiça Eleitoral, para devidas providencias cabíveis ao caso. Francisco Ortega, diretor do Plantão MS é também o Presidente do Diretório Municipal do PMN, partido coligado na base de alianças do ex-prefeito Enelvo Felini do PSDB.