Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Janeiro de 2022

Política

Mochi admite que PMDB espera Azambuja antes de anunciar Simone

Mochi explicou que esta composição partidária deve ser analisada, para fortalecer a disputa eleitoral em 2014.

Campo Grande News

16 de Outubro de 2013 - 13:30

O presidente estadual do PMDB, deputado Junior Mochi (PMDB), admitiu que o seu partido ainda espera uma definição do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), antes de anunciar a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) como candidata ao senado.

“Já definimos o pré-candidato ao governo, mas a vaga do senado ainda está aberta, o PMDB tem vontade de anunciar o nome da Simone (Tebet), mas não podemos fechar um arco de aliança com o PSDB, em uma parceria com (Reinaldo) Azambuja”, afirmou ele.

Mochi explicou que esta composição partidária deve ser analisada, para fortalecer a disputa eleitoral em 2014. “Temos três partidos que podem ter candidato, o PMDB, PT e PSDB, então temos que escolher a melhor estratégia”, apontou ele.

O deputado fez questão de dizer que se esta aliança não for concretizada, Simone deve ser anunciada como candidata do PMDB. “Tem a nossa confiança e já demonstrou capacidade e competência é o nosso primeiro nome da lista”.

Reviravolta – Mochi também alertou que toda esta articulação política pode mudar se o governador André Puccinelli (PMDB) resolver disputar a vaga ao senado, nesta situação ele tem prioridade e sua vaga está garantida. “Se ele optar pela disputa a vaga do senado está a sua disposição”, indicou.