Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Política

Na TV, Murilo recebe apoio do presidente do PT

Apareceram na propaganda declarando apoio a Murilo dirigentes de diversos partidos, incluindo o presidente municipal do PT, Tenente Pedro

Campo Grande News

21 de Janeiro de 2011 - 14:44

Estreou nesta sexta-feira o horário eleitoral no rádio e na TV para prefeito de Dourados. Quase toda a propaganda (73%) é do candidato Murilo Zauith (DEM).

No primeiro programa do democrata, a intenção foi mostrar o grande leque de alianças em favor de Murilo, com 15 partidos, e o anseio da população de ter uma administração diferente.

Apareceram na propaganda declarando apoio a Murilo dirigentes de diversos partidos, incluindo o presidente municipal do PT, Tenente Pedro.

PT e DEM deixaram as diferenças históricas para participar da mesma aliança pela prefeitura.

Outras lideranças que apareceram na propaganda, que será repetida em quase a totalidade na exibição da noite desta sexta-feira, foram os deputados federais Ronaldo Caiado e Rodrigo Maia.

Várias douradenses também aparecem para falar sobre o candidato.

Logo em sua primeira aparição, o candidato Murilo Zauith (DEM) disse que Deus deu a oportunidade a ele disputar o comando da cidade que ele tem no coração.

Não são feitas críticas aos ex-prefeitos da cidade ou aos adversários. O currículo de Murilo Zauith também foram mostrados nos 22 minutos de propaganda.

Outros - José de Araújo (PSOL) foi o primeiro a aparecer no horário eleitoral. O cabeleireiro se apresentou e mostrou parte da sua família. Ele é casado, tem sete filhos e 13 netos. Três netos apareceram no programa.

O segundo a aparecer será o professor de matemática Genival Antônio Valeretto, que gravou o programa eleitoral no estúdio do PMN, em São Paulo. No primeiro dia, ele resumiu o programa emergencial de 120 dias.

No plano emergencial com prazo de 4 meses para ser realizado estão a recuperação da malha asfáltica; continuar as investigações sobre a corrupção na prefeitura; fazer um mutirão de limpeza urbana; cumprir o piso nacional dos professores municipais; e a criação de plano de cargos e salários para todas as categorias da saúde.

O candidato do PMN havia gravado 15 dias de propaganda eleitoral, mas que com a definição de apenas cinco programas pela Justiça Eleitoral, ele optou por dar prioridade às propostas.

Já Geraldo Salles (PSDC) optou por usar, ao longo dos programas eleitorais, profissionais do partido para explicar as propostas de melhorias para educação, questão tributária, políticas sindicais, construção civil, ação social, esporte, cultura, lazer e entretenimento.

Apenas a TV Rit, única emissora com sede em Dourados, exibe a propaganda. As outras emissoras foram obrigadas a suspender a programação.