Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 18 de Abril de 2021

Política

Na véspera da eleição, Datamax aponta Reinaldo com 54,60% e Delcidio. 45,36%

Em relação à pesquisa anterior, registrada no TRE, a diferença entre os candidatos caiu 2,84 pontos percentuais. Reinaldo registrava 56,06%, e Delcídio, 43,94%

Flávio Paes/Região News

25 de Outubro de 2014 - 09:01

Nas vésperas da eleição deste domingo, o candidato do PSDB ao Governo do Estado aparece com 54,60% das intenções de voto, enquanto seu adversário, o senador Delcídio do Amaral, assegura 45,36%. Esta dianteira de 8,58 pontos percentuais é apontada na pesquisa DATAmax realizada entre os dias 20 e 24 de outubro de 2014, registrada no TRE-MS sob o número 00078/2014.

Em relação à pesquisa anterior, registrada no TRE sob o número 00066/2014, a diferença entre os candidatos caiu 2,84 pontos percentuais (12,12 para 9,28). Reinaldo registrava 56,06%, e Delcídio, 43,94%.

Ou seja, considerando a margem de erro de 2,8 pontos, o quadro se manteve estabilizado nesta reta final de campanha, quando o candidato petista apostou suas fichas no carisma do ex-presidente Lula, que esteve na Capital quarta-feira passada e do debate (o único deste segundo turno) promovido pela TV Morena. Reinaldo recebeu o apoio do candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves (que esteve em Campo Grande na terça-feira) e do senador eleito por São Paulo, José Serra (foi a Dourados na quarta-feira).

Em relação ao resultado do primeiro turno, quando terminou em 1º lugar com 42,92% dos votos válidos, considerando esta pesquisa do Datamax, Delcidio avançou 5,68% na preferência dos eleitores, enquanto Reinaldo, o segundo colocado com 39,08%, cresceu 15,52 pontos percentuais, um incremento de quase 40%(39,71%). Isto significa que mais de 94% dos eleitores do ex-prefeito Nelson Trad Filho, que foi o candidato do PMDB, migraram para o candidato do PSDB. Nelsinho, ficou em terceiro lugar, com 16,42% dos votos.

Embora o governador André Puccinelli tenha se declarado neutro neste segundo  turno(na disputa estadual), praticamente todas as forças políticas em torno dele manifestaram apoio a Azambuja. No lado de Delcídio, os partido aliados (PDT, PR, principalmente) praticamente não fizeram campanha neste segundo turno. Alguns deputados estaduais eleitos, como George Takimoto, Beto Pereira, do PDT, estão fazendo campanha para o candidato tucano.

Nulos e brancos

No levantamento estimulado e computando-se os percentuais de brancos, nulos e de eleitores indecisos ou que declararam não saber em quem votar, o candidato do PSDB, Reinaldo Azambuja, registra 50,5%, e Delcídio Amaral, do PT, 41,92%. 
Considerando-se a margem de erro de 2,8 pontos, Reinaldo oscila entre 47,7% a 53,30%. O percentual de Delcídio varia entre 39,12% a 44,72%.  Brancos e nulos somam 4%. O percentual de eleitores indecisos é de 3,58%.

Para este levantamento, o DATAmax ouviu 1,2 mil eleitores em 37 municípios, entre os dias 20 e 24 de outubro. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 2,8 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o número MS-00078/2014.