Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 2 de Agosto de 2021

Política

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

O Instituto Ranking Brasil fez duas mil entrevistas de 09 a 12 deste mês em 20 municípios de Mato Grosso do Sul.

Diário do MS

15 de Junho de 2021 - 07:27

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números
Foto: Reprodução

A amostragem da mais recente consulta de intenções de voto realizada pelo Instituto Ranking Brasil sinaliza a tendência de segundo turno nas eleições 2022 em Mato Grosso do Sul. Na espontânea, Puccinelli tem 6,95% a Professora Rose Modesto 4,30%, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do DEM (3,20%); e o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, do PSDB (2,40%), são os 4 mais citados.

Na sequência se encontram o ex-governador Zeca do PT (2,10%). Depois, o senador Nelsinho Trad, do PSD (1,80%); o ex-juiz federal Odilon de Oliveira, sem partido (1,60%); o prefeito Marquinhos Trad, do PSD (1,30%). O deputado estadual Coronel David (sem partido) tem 1,10% e o ex-ministro Carlos Marun (MDB) 1,00%.

Pontuaram ainda o ex-ministro Henrique Mandetta (DEM), com 075%; o deputado estadual Capitão Contar (PSL), com 0,70%; a senadora simone Tebet, do MDB (0,60%); o ex-senador Delcídio do Amaral, do PTB (0,50%); o ex-vereador Vinícius Siqueira, do Pros (0,45%); a psicóloga Cris Duarte, do Psol (0,40%); o presidente da Cassems Ricardo Ayache, do PSB (0,35%); e o ex-prefeito de Costa Rica, Waldeli Santos, do MDB (0,25%). Outros nomes citados somaram 1,10% e não responderam, estão indecisos, votam branco ou anulam o voto 70,05%.

ESTIMULADAS

Instituto Ranking Brasil fez duas simulações de disputa em consultas estimuladas. Na primeira, a liderança é de Puccinelli, com 10,30%, tendo em seguida a deputada Rose (7,50%), Tereza Cristina (4,70%), Riedel (4,20%), Zeca (3,60%) e Odilon (3,10%). Abaixo dos 3% estão Marquinhos (2,30%), David (1,70%), Simone (1,65%), Contar (1,50%), Soraya Thronicke (1,30%), Siqueira (1,10%), Santos (0,70%) e Cris (0,70%). Votos em branco ou nulos, indecisos e eleitores que não responderam são 52,25%.

No segundo cenário a diferença de Puccinelli para Rose é menor: ele tem 11,65% e ela 9,30%. Tereza Cristina vem em terceiro, com 6,65%, em seguida vem Eduardo Riedel (6,20%), Zeca (5,30%), Nelsinho (4,20%), Odilon (3,40%), Marquinhos (3,10%) e David (2,00%). São 48,20% os eleitores que não responderam, estão indecisos, votam em branco ou anulam o voto.

REJEIÇÃO

O candidato com a taxa mais alta de rejeição é André Puccinelli: 15,40%. O segundo pe Zeca, com 13,20%. Depois Nelsinho (8,25%), marquinhos (7,10%), Soraya (6,55%) e Contar (5,05%). Abaixo dessa pontuação: Odilon (4,95%), Simone (3,50%), tereza Cristina (3,20%), Siqueira (2,60%), David (2,45%), Cris (2,20%), Rose (2,00%), Riedel (1,90%) e Santos (1,50%). Estão indecisos, não responderam, votam em branco ou nulo 20,15%.

DADOS DA PESQUISA

Instituto Ranking Brasil fez duas mil entrevistas de 09 a 12 deste mês em 20 municípios de Mato Grosso do Sul: Campo Grande (44.10% das consultas), Dourados (11.6%), Três Lagoas (5.8) Corumbá (5,2%) Ponta Porã (4,7%) Naviraí (2.7%), Nova Andradina (2.6%), Aquidauana (2.5%), Sidrolândia (2.3%), Paranaíba (2.2%), Maracaju (2.0%), (Coxim (1.9%), Amambaí (1.9%), Rio Brilhante (1.9%), Caarapó (1.5%), Costa Rica (1.5%), São Gabriel do Oeste (1.5%), Miranda (1.4%), Ivinhema (1.4%) e Aparecida do Tabuado (1.3%). O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima 2.5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

VEJA A PESQUISA COMPLETA:

MS – POLITICA E ADMINISTRATIVA – JUNHO DE 2021 Baixar

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números

Pesquisa para governador 2022 em MS; veja os números