Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Janeiro de 2022

Política

Prefeito confirma que PP saiu da base, mas não vê como problema na Câmara

O vereador Cledinaldo Cotocio, único representante do partido na Câmara, comunicou pessoalmente ao prefeito a determinação do prefeito da Capital, Alcides Bernal.

Flávio Paes/Região News

09 de Outubro de 2013 - 10:20

O prefeito Ari Basso confirmou agora de manhã à reportagem do Região News  que já foi comunicado da decisão do Partido Progressista de deixar sua base política na Câmara Municipal, como reação a saída do advogado Kennedi Mitrioni Forgiarini, presidente da Executiva Municipal, da Secretaria de Administração.

O vereador Cledinaldo Cotocio, único representante do partido na Câmara, comunicou pessoalmente  ao prefeito a determinação do prefeito da Capital, Alcides Bernal, maior liderança estadual da legenda. O prefeito diz que respeita a posição do PP e dos vereadores tucanos Mauricio Anache e Marcos Roberto de romper com o Governo, sair do PSDB e ingressar no PROS.

“Não é meu estilo assediar vereador para ter maioria na Câmara. Executivo e Legislativo são poderes autônomos que trabalham em favor da comunidade. Espero contar com o apoio dos 13 na aprovação dos projetos.  Como não tenho compromisso com o erro, acredito que não enfrentaremos dificuldades”, avalia.

Ari Basso  diz que não está nos seus planos atrair vereadores para apoiar sua administração, em troca de cargos ou secretarias, não que tenha ocorrido tal pratica, mas sua postura será de parceria com a Câmara. “Passamos por um momento de ajustes, reduzindo gastos com pessoal, sacrificando inclusive, companheiros que nos apoiaram na campanha. Não há margem para aumentar despesas”, informa.