Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 14 de Junho de 2024

Política

Prefeito de Murtinho é acusado de agredir idoso que faz campanha para a oposição

A confusão começou quando o prefeito desceu de um veículo oficial – uma blazer branca – e dirigiu-se ao servidor

Assessoria

05 de Setembro de 2012 - 16:36

O prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra (PSDB), foi acusado de agressão física, ofensas morais e desrespeito à lei de proteção ao idoso. O autor da denúncia, Pedro Coronel, tem 65 anos e há mais de 28 trabalha como servidor da prefeitura, atualmente licenciado da função de motorista.

O caso aconteceu na manhã de quarta-feira (5), no Bairro Dom Pepe, onde Coronel acompanhava militantes da candidatura do petista Heitor Miranda, adversário de Rosângela Baptista (PMDB), candidata de Cintra à prefeitura.

A confusão começou quando o prefeito desceu de um veículo oficial – uma blazer branca – e dirigiu-se ao servidor. Eles trocaram algumas palavras e Cintra teria segurado Coronel pelo pescoço. Em seguida, um dos homens-fortes da campanha de Rosângela, o ex-vereador Félix Alves, teria imobilizado as mãos da vítima para que não reagisse.

A confusão foi presenciada por diversas pessoas e só acabou com a intervenção dos próprios militantes da campanha petista. A Polícia foi chamada e Coronel foi à delegacia e depois fez o exame de corpo de delito, apresentando marcas nos braços. Segundo ele, o prefeito nunca o perdoou por não fazer seu jogo político e promoveu retaliações trabalhistas, uma delas quando o destituiu dos quadros da saúde, transferindo-o para o setor de transporte.

Vários moradores se apresentaram para testemunhar a ocorrência. Uma das testemunhas é a dona de casa Hortência Dias, que mora na rua em frente ao local da confusão. “O prefeito enforcou o seu Pedro e depois o Félix o segurou por trás. Graças a Deus não aconteceu o pior”, relatou.

Cintra também se apresentou na delegacia e deu sua versão, afirmando ter sido ele a vítima de agressão, citando, inclusive, que Pedro Coronel queria atacá-lo com uma faca. Após lavrar o Boletim de Ocorrência, as autoridades vão convocar as partes e testemunhas.

Sem delegado

Porto Murtinho está sem delegado titular. Quem está respondendo interinamente, na emergência, é o titular da Delegacia Regional sediada em Jardim, Valdomiro Mendes Arguilheira.

Nas eleições de 2008, Cintra venceu Heitor e se reelegeu com uma diferença de 12 votos, resultado que até hoje tem sua contestação sob análise.