Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 13 de Junho de 2024

Política

Prestação de contas de Enelvo também cai na “malha fina” do TRE/MS

O ex-prefeito Enelvo Felini declarou arrecadação e gastos no total de R$ 240.431,00, montante correspondente a 12% do que projetou gastar

Flávio Paes/Região News

18 de Novembro de 2014 - 16:21

A prestação de contas da campanha a deputado estadual do ex-prefeito Enelvo Felini também caiu na malha fina do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS). A juíza relatora do processo, Telma Valéria, deu prazo de 72 horas para Enelvo se manifestar, apresentando sua defesa “das impropriedades apontadas no relatório preliminar emitido pela Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria”.

O ex-prefeito Enelvo Felini declarou arrecadação e gastos no total de R$ 240.431,00, montante correspondente a 12% do que projetou gastar quando registrou sua candidatura a deputado estadual. Como obteve 9.532 votos, com este orçamento, cada sufrágio saiu por  R$ 25,22.

O diretório regional do PSDB contribuiu com R$ 50 mil; o presidente do diretório municipal do partido em Sidrolândia, Moacir Hernandes, ajudou com R$ 70 mil; o produtor Lúcio Basso doou R$ 49 mil  e Enelvo  aplicou R$ 37 mil dos recursos próprios na campanha.