Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Política

Procuradoria quer anular diplomação de governador e senador eleitos

Segundo a procuradoria, se o TSE acatar o recurso, a Justiça Eleitoral poderá anular a votação e cassar o diploma dos dois eleitos

Agência Brasil

22 de Dezembro de 2010 - 17:22

A Procuradoria Regional Eleitoral do Acre entrou com recurso contra a diplomação do governador eleito, Tião Viana, e do senador eleito Jorge Viana, ambos do PT. Eles foram diplomados no último dia 17.

A procuradoria acusa os petistas de abuso do poder econômico e político e de uso ilegal dos meios de comunicação durante a campanha eleitoral, deixando desigual a disputa eleitoral no estado. O recurso foi protocolado ontem (21) no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). De acordo com o tribunal, o pedido deverá ser enviado para análise do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só depois do recesso do Judiciário, que termina no dia 6 de janeiro.

Segundo a procuradoria, se o TSE acatar o recurso, a Justiça Eleitoral poderá anular a votação e cassar o diploma dos dois eleitos.