Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Política

PTB diz que não tem orientação a vereador, mas que Bernal merece um voto de confiança

Ivan disse que como o parlamentar tem acompanhado a questão de perto, ele tem liberdade para conduzir o mandato

Midiamax

08 de Outubro de 2013 - 00:00

O presidente do PTB, Ivan Louzada, declarou nesta terça-feira (8) que não há orientação para o representante do partido na câmara, o vereador Edson Shimabukuro, de como votar sobre o processo de cassação do prefeito Alcides Bernal. Ivan disse que como o parlamentar tem acompanhado a questão de perto, ele tem liberdade para conduzir o mandato. Contudo, Louzada disse que acha que ele pode dar um voto de confiança ao prefeito.

Segundo o petebista, ele deixou Shimabukuro a vontade porque na avaliação dele o mandato é do partido, mas o parlamentar tem que ter vida própria. Louzada conta ainda que o vereador tem conversado com Bernal, mas que apesar disso não tem nenhum compromisso com ele.

“Ele me ligou ontem para conversar sobre o assunto, mas o que eu disse pra ele é que seja qual for a decisão dele, que está acompanhando mais de perto o caso, será a decisão do partido”, explicou.

Questionado se Shimabukuro havia deixado subentendido sua intenção de voto, Louzada afirmou que acho que pode dar um voto de confiança. “Acredito que pode dar um voto de confiança, assim como o partido está fazendo com ele (vereador). Mas como é o primeiro episodio de votação, a verdade é que eu não sei”, declarou.