Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Julho de 2021

Política

Reinaldo Azambuja começa a definir equipe de transição de governo

A meta do tucano é dar prioridade para o funcionamento do mutirão da saúde. Para isso, ele terá que solicitar valor maior que os R$ 858.321 milhões previstos para a área

Correio do Estado

03 de Novembro de 2014 - 08:53

O governador eleito, deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), começa hoje a definir o processo de transição do governo de André Puccinelli (PMDB) para sua futura administração. A partir de agora ele terá que estudar os melhores nomes para composição do alto escalão governamental.

Além disso, ele deverá receber ainda nesta semana a peça orçamentária de 2015. Com o projeto em mãos, ele deverá analisar quais serão as mudanças que pretende fazer quanto à destinação de recursos em áreas como saúde e segurança pública.

Na semana passada, Azambuja comentou que os R$ 13,057 milhões  previstos para o ano que vem deverão ser divididos de forma diferente da sugerida pelo atual chefe do Executivo estadual. A meta do tucano é dar prioridade para o funcionamento do mutirão da saúde. Para isso, ele terá que solicitar valor maior que os R$ 858.321 milhões previstos para a área no projeto inicial. “Nós não temos rios de dinheiro, então precisamos priorizar o que é mais urgente”, destacou.