Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 20 de Junho de 2024

Política

Secretário de Governo desmente Enelvo Felini e nega acerto com PSDB

O ex-prefeito deixou a entender que o Secretário teria lhe assediado a aceitar a indicação do vice na chapa do PSDB.

Marcos Tomé/Região News

06 de Julho de 2012 - 08:42

Osmar Jeronymo, Secretário de Governo do Mato Grosso do Sul e braço forte do governador André Puccinelli (PMDB), desmentiu as informações do ex-prefeito Enelvo Felini do PSDB, de um suposto acerto com o tucano para inviabilizar a candidatura peemedebista no município de Sidrolândia e com isso, o partido indicar o candidato à vice na chapa de Felini.

O ex-prefeito deixou a entender que durante uma conversa com Jeronymo a cerca das eleições municipais de outubro, o Secretário teria lhe assediado a aceitar a indicação do vice. Felini teria se recusado ao entendimento político por entender que governar com o PMDB, lhe colocaria numa posição de “bandido”. Enelvo não deixa claro sobre quais termos administrativos figura sua colocação, “bandido”.

Por telefone Osmar Jeronymo negou as informações e afirma nunca ter mantido qualquer agenda com Felini para discutir ou tratar das eleições municipais envolvendo o município de Sidrolândia. “Usou meu nome de forma indevida, sem autorização e não tem meu consentimento”, afirmou o secretário.

Osmar disse ainda que num planejamento político do PMDB no Mato Grosso do Sul, ficou responsável para tratar das questões politicas nas dez maiores cidades do Estado e Sidrolândia, não esta em sua agenda. Ele disse desconhecer as declarações do ex-prefeito Enelvo, a quem pediu cautela ao usar seu nome.

Ouça o áudio: