Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Política

TJ/MS inaugura nova sede do Fórum

O novo anexo do Fórum de Dourados está localizado entre as ruas Presidente Vargas e Antônio Emílio de Figueiredo

Dourados Agora

14 de Dezembro de 2010 - 07:32

Através de uma cerimonia bastante concorrida, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) inaugurou nesta segunda-feira no final da tarde a nova sede anexa ao Fórum de Dourados. A solenidade contou com a presença de civis, militares e do judiciário.

O governador André Puccinelli (PMDB) foi a autoridade mais esperada para o evento. Ele foi recepcionado pelo pre-sidente do TJ, o desembargador Paulo Alfeu Puccinelli, e pelo diretor substituto do Fórum de Dourados Carlos Alberto Resende Gonçalves.

Entre as demais autoridades estavam o vice-governador Murilo Zauith (DEM), os deputados Zé Teixeira (DEM) e Geraldo Rezende (PMDB), o vereador Laudir Munareto (PMDB), que representou a Câmara Municipal, e a prefeita interina Délia Razuk (PMDB).

O presidente do TJ agradeceu todas as autoridades presentes e fez questão de frisar a modernização do judiciário nos últimos anos em termos estruturais, e que as novas instalações do Fórum de Dourados vai trazer grande avanço no cená-rio jurídico do Estado. Ele também agradeceu as parcerias, principalmente com o governo do Estado, que bancou 50% da obra. A outra metade coube ao TJ, através do Fundo Especial para Instalação, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais (Funjecc). No total, foram investidos R$ 3,65 milhões na construção.

“São essas parceria que a população tem que ter conhecimentos e que vão ajudar a suprir as necessidades locais”, disse o desembargador. O novo anexo do Fórum de Dourados está localizado entre as ruas Presidente Vargas e Antônio Emílio de Figueiredo. A construção, que demorou pouco mais de dois anos para ser concluída, conta 2.754 metros quadrados de área construída.

O atual prédio do Fórum, inaugurado em 24 de outubro de 1986, já não comportava mais a demanda existente. Prova disto é que as varas dos juizados especiais funcionam em prédio cedido pelo Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran).

A nova edificação tem capacidade de instalação para nove conjuntos de varas. O prédio possui três pavimentos, e será interligado à antiga sede em todos os andares.

Além disso, passa a abrigar um novo Tribunal do Júri e toda sua estrutura complementar, como celas, refeitório, sala de reconhecimento, de testemunhas, sala secreta, garagem para viaturas, apoio da Defensoria, Promotoria, estrutura de cartórios e gabinetes das varas criminais e cíveis. O novo prédio também conta com instalações de circuito fechado de TV e transmissão de som a servidores e ao público, rádio corredor e sistema de controle de segurança por meio de câmeras.

O prédio também é todo adaptado para que deficientes físicos possam ter acesso, com rampas e elevadores. Também conta com estacionamentos exclusivos para juizes. O plenário é o destaque da arquitetura do edifício.