Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 14 de Junho de 2024

Política

TRE cassa candidatura do ex-prefeito Piantoni

Ele faz parte da coligação Ponta Porã Pode Mais, do candidato a prefeito, Ludimar Novaes

Denilson Pinto

05 de Setembro de 2012 - 13:38

O Tribunal Regional Eleitoral rejeitou o registro da candidatura ex-prefeito de Ponta Porã, Vagner Piantoni (PT), que disputa uma vaga na Câmara Municipal do município pela coligação que apoio o candidato a prefeito Ludimar Novaes. A decisão foi destaque no jornal Correio do Estado.

Seu registro foi negado por conta dele ser apontado candidato “ficha suja”, com denúncias de várias irregularidades administrativas quando era prefeito do município. Ele é acusado de provocar um rombo nos cofres do Previporã, desviando mais de R$ 2 milhões.

Quando ele era prefeito, Sonia Cintas, a vice de Ludimar Novaes, era secretária municipal de Educação, setor que também não teve avanços, com várias escolas municipais ficando em condições precárias, prejudicando significativamente a qualidade do ensino dos alunos.

Quando Flávio Kayatt assumiu a prefeitura, o ex-prefeito Piantoni deixou um saldo no Previporã era de apenas R$ 42 mil, dinheiro insuficiente para pagar a folha dos funcionários aposentados pela prefeitura. Hoje, o Previporã tem um saldo positivo de R$ 32 milhões e garante segurança aos funcionários públicos municipais.

Além de ter sua candidatura cassada, Piantoni está sendo acusado de falta de ética na coligação, apesar de já ter pedido votos para Ludimar, da mesma forma, ele vem percorrendo bairros de Ponta Porã, pedindo votos para o candidato adversário Álvaro Soares. Esta semana ele foi visto ao lado dele, na Vila Áurea, atuando como seu cabo eleitoral.