Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Política

Vereadores da Uragano retornam a Câmara dia 03

A data coincide com o prazo de 90 dias que eles teriam que ficar afastados das funções como legisladores

Dourados Agora

15 de Dezembro de 2010 - 15:26

Os vereadores presos na Operação Uragano da Polícia Federal e que foram afastados pela Justiça sem prejuízo a remuneração salarial, podem voltar a ocupar suas cadeiras a partir do dia 03 de janeiro. A data coincide com o prazo de 90 dias que eles teriam que ficar afastados das funções como legisladores.

Se isto acontecer, além de retirar os suplentes da vaga, os vereadores podem extinguir as 16 comissões processantes, criadas para cassá-los. Todo o processo então poderia correr por “água abaixo”.

Questionado sobre isso, o procurador da Câmara Alexandre Magno disse que a expectativa é para que a justiça prorrogue o prazo. Caso contrário a Câmara vai entrar com um pedido na Justiça na tentativa de garantir que os trabalhos de investigação não sejam comprometidos, mesmo após o retorno dos parlamentares acusados.

Dos nove presos, apenas Sidlei Alves não poderá tomar a cadeira no Legislativo, uma vez que renunciou ao mandato.

Podem retornar aos cargos os vereadores: Aurélio Bonatto, Cláudio Marcelo Hall, Humberto Teixeira Júnior, José Carlos Cimatti, José Carlos de Souza, Júlio Artuzi, Marcelo Barros e Paulo Henrique Bambu.