Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Política

Vitória de Reinaldo desmoraliza o maior instituto de pesquisa do País, o IBOPE

A TV Morena divulgou no sábado, pesquisa do Ibope em que Delcídio estava na frente com 52% das intenções de voto, empate técnico com Reinaldo.

Flávio Paes/Região News

26 de Outubro de 2014 - 23:12

Além de derrotar o senador Delcídio do Amaral (PT), um candidato que até há seis meses era considerado imbatível (a eleição seria apenas um rito burocrático para sua posse no cargo em 1º de janeiro) o desempenho do deputado federal Reinaldo Azambuja nas urnas desmoralizou a mais famosa empresa de pesquisa do País. 

A TV Morena divulgou no sábado, pesquisa do Ibope em que Delcídio estava na frente com 52% das intenções de voto, empate técnico com Reinaldo, que aparecia com 49%. Um cenário contrastante com o apurado nos levantamentos de três institutos regionais (IPEMS, Datamax e Vale Consultoria), nos quais o candidato tucano aparecia bem na frente, com uma diferença entre 9 e 12 pontos percentuais.

Abertas as urnas, o que se viu foi o erro crasso do IBOPE, que já em 2012, na eleição para prefeito da Capital, às vésperas do pleito atribuiu 14% de intenção de voto para Reinaldo que acabou tendo mais de 26% dos votos válidos. Desta vez, ao invés dos 49% projetados pelo IBOPE, Reinaldo saiu das urnas com 55,34%, uma diferença de quase seis pontos percentuais (bem longe dos 3 pontos da margem de erro).

Já os 52% da pesquisa  ibopeana para Delcidio, foram desidratados 7,34 pontos percentuais, alcançando magros 44,66% dos votos válidos. A pesquisa DATAmax  apurou números próximos ao do resultado final das eleições deste segundo turno em Mato Grosso do Sul. No levantamento feito entre os dias 20 e 24 de outubro, o instituto atribuiu ao tucano 54,64% dos votos válidos, contra 45,36% dos votos de Delcídio do Amaral (PT).

O Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul LTDA), também acertou o resultado da eleição para a sucessão do governador de Mato Grosso do Sul. No sábado, na véspera da eleição, pesquisa deu vitória a Reinaldo Azambuja (PSDB), com vantagem de 10,6 pontos percentuais. De acordo com o levantamento, o tucano seria eleito com 55,30% dos votos válidos contra 44,70% de Delcídio do Amaral (PT).

Veja os números finais para governador em Mato Grosso do Sul
- Reinaldo Azambuja (PSDB): 741.516 votos (55,34%)
- Delcídio do Amaral (PT): 598.461 votos (44,66%)
- Votos brancos: 22.109 (1,58%)
- Votos nulos: 35.094 (2,51%)
- Abstenção: 420.367 (23,13%)