Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Região

Após 2 anos, Lama Asfáltica volta às ruas e apura corrupção no Detran

Campo Grande News

24 de Novembro de 2020 - 08:23

Policiais federais em cumprimento a uma das fases na Operação Lama Asfáltica, em2018 (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

A Polícia Federal em Campo Grande está cumprindo 19 mandados de busca e apreensão, bloqueio de R$ 40 milhões e “medidas cautelares diversas de prisão” na Operação Motor  de Lama, que investiga suspeita de corrupção em contratos firmados pelo Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS).

Estão sendo cumpridos, desde as primeiras horas da manhã de hoje, 11 mandados de busca e apreensão, 4 medidas restritivas de liberdade e 4 mandados de sequestro e decretação de indisponibilidade de bens de investigados em Campo Grande e Dourados. No caso das "cautelares diversas da prisão", um exemplo dado pela PF é a entrega de passaportes dos investigados à Justiça.

A ação deflagrada esta manhã é a sétima fase da Operação Lama Asfáltica, que investigou irregularidades em diversos contratos públicos e está sendo realizada com apoio da CGU (Controladoria Geral da União) e da Receita Federal.