Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 12 de Abril de 2024

Região

Mortes em rodovias estaduais saltam de zero para três após feriado santo

Entre os mortos, mãe e filho foram vítimas no mesmo acidente, ocorrido ainda na noite de domingo (31) na MS-270.

Correio do Estado

01 de Abril de 2024 - 13:18

Mortes em rodovias estaduais saltam de zero para três após feriado santo
Óbitos a mais registrados pela PMR, frente a nenhum caso do ano passado, somam-se à estatística de óbitos registrados em rodovias federais, que mantém a mesma taxa registrada em 2023 - Reprodução/Jornal da Nova.

Enquanto no ano passado o feriado prolongado de Páscoa terminou sem nenhuma morte em rodovias estaduais, o balanço das fiscalizações feito pela Polícia Militar Rodoviária indica que três pessoas morreram após o fim de semana santa em Mato Grosso do Sul.

Entre os dias 26 de março até 08h deste 1º de abril, a Operação Semana Santa da PMR abordou mais de 3.864 pessoas em mais de três mil veículos, atendendo nove dos chamados "sinistros" de trânsito, dos quais 22 pessoas saíram feridas.

Ainda, os três óbitos a mais registrados pela PMR, frente a nenhum caso do ano passado, somam-se à estatística de óbitos registrados em rodovias federais, que mantém a mesma taxa registrada em 2023.

Cabe apontar que duas dessas três mortes foram registradas ontem (31), sendo mãe e filho, moradores de Nova Andradina, foram vítimas no mesmo acidente, conforme apurado pelo portal local Jornal da Nova.

Miriam Carla Ferreira Rodrigues morreu aos 38 anos, junto do filho de apenas 14, quando a caminhonete da família perdeu o controle após se chocar com uma motocicleta no km 41 da rodovia MS-270, localidade que fica entre os pontos conhecidos como "Cabeceira do Apa" e "Copo Sujo".

Mesmo que o acidente tenha vitimado mãe e filho, vale citar que o pai, assim como outras duas meninas, foram socorridos com vida, com ele - conhecido como "Clebinho" - sofrendo fraturas na costela e clavícula, enquanto o estado de saúde das filhas do casal não foi informado.  Enquanto Clebinho foi levado para hospital em Ponta Porã, os ocupantes da moto, sendo um casal e uma criança, foram socorridos para hospital em Antônio João.

Rodovias Federais

Ainda que minimamente, o número de acidentes registrados durante a Operação Semana Santa pela Polícia Rodoviária Federal - incluindo os mais graves - caiu, entretanto, como apontado, a mortalidade das rodovias se mantém no mesmo patamar após o feriado de Páscoa, já que neste ano o número de óbitos se manteve igual a 2023, com uma morte em ambos.

Balanço feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta essa tendência de queda no número de acidentes, sendo 18 em 2024, dos quais cinco foram considerados graves; enquanto no ano passado, quando houve um registro a mais, sete desses casos estão classificados com maior agravo.

Ainda, do total de acidentes, o número de feridos também registrou queda após o feriado da Semana Santa neste ano, sendo 18 em 2024, frente à 23 registrados durante a operação no ano passado.

Quanto às fiscalizações, houve um caso a mais de crianças sendo transportadas fora do dispositivo adequado neste ano, 28 no total, e - dentro das 1.821 autuações registradas - 158 pessoas foram flagradas rodando pelas rodovias federais de Mato Grosso do Sul sem o cinto de segurança.

Além disso, a PRF frisa que, entre 2.661 testes de alcoolemia realizados (o popular bafômetro), um total de 64 condutores foram registrados dirigindo mesmo após feito o consumo de álcool, montante do qual um desses motoristas saiu do local preso pelos agentes.