Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 22 de Maio de 2022

Região

Preso agricultor suspeito de matar mulher e jogar corpo em fossa

Homem foi preso nesta manhã pela Polícia Civil.

Campo Grande News

24 de Janeiro de 2022 - 09:53

Preso agricultor suspeito de matar mulher e jogar corpo em fossa
Eduardo Gomes foi preso e é o principal suspeito do assassinato. (Foto: Veja Aqui MS)

O agricultor Eduardo Gomes Rodrigues, de 53 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (24) pela Polícia Civil de Bandeirantes. Ele é o principal suspeito de matar Rosiclei Paredes, de 39 anos, e jogar o corpo em uma fossa. O delegado que está à frente do caso, Jarley Inácio de Souza, confirmou a prisão, mas ainda não revelou o local onde ele foi encontrado. Eduardo está sendo levado para a delegacia.

Rosiclei foi morta com golpes de faca na cabeça e jogada em uma fossa no fundo da residência onde morava, no Jardim Alvorada, em Bandeirantes. O corpo foi encontrado na noite do último sábado (22) por um vizinho que sentiu forte odor vindo da residência.

Rosiclei e o esposo, que estava trabalhando em uma fazenda no dia do crime, dividiam o aluguel com Eduardo há cerca de um mês. A mulher não foi mais vista e familiares passaram a fazer buscas. Procurado pela família, para despistar sobre o sumiço da vítima, Eduardo chegou a dizer que viu Rosiclei fugindo com um caminhoneiro.

Depois, contratou um freteiro, alegando que trabalharia em uma fazenda, foi deixado em um lugar ermo e fugiu. Segundo o delegado, desentendimento por causa do aluguel é uma das linhas de investigação da polícia. "Também existia uma dívida de um celular que ele [Eduardo] comprou para ela pagar", revelou Jarley.

Em 2010 - Eduardo já foi investigado pela morte do funcionário do DNIT em Bandeirantes, Sérgio Rodrigues Mariano, de 48 anos, que desapareceu após efetuar um saque de R$ 800, em junho de 2010. Ele foi morto com pauladas e golpes de enxada, sendo o corpo localizado em uma residência de Bandeirantes. Eduardo foi absolvido pelo crime.