Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Região

Traficante que enviava cocaína do Paraguai para o Brasil é preso em Ponta Porã

Preso era investigado há mais de uma década; ação foi da PRF juntamente com a Ficco/MS.

Correio do Estado

11 de Abril de 2024 - 09:30

Traficante que enviava cocaína do Paraguai para o Brasil é preso em Ponta Porã
Preso era alvo de investigações há pelo menos 10 anos - Foto: PRF / Divulgação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em ação conjunta com a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco/MS), prendeu um traficante que era investigado há mais de uma década. A ação foi em Ponta Porã, na tarde desta quarta-feira (10).

O preso tem 58 anos, é natural do interior do Rio Grande do Sul e morava em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com o Paraguai. Há seis meses, foi expedido mandado de prisão contra o criminoso, mas, como citado anteriormente, a investigação durou muito mais, cerca de 10 anos.

Segundo informações da PRF, o traficante era responsável por enviar cocaína do Paraguai para vários estados do Brasil, utilizando as rodovias federais do Mato Grosso do Sul como principal meio de transportar a droga.

Ele foi encaminhado à Polícia Federal de Ponta Porã.

CRIAÇÃO RECENTE

Em dezembro do ano passado, as Forças de segurança estaduais e federais selaram um acordo para a criação da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco/MS).

Segundo o previsto no acordo, as forças do estado devem trabalhar juntas para combater organizações e facções crimonosas que visam o tráfico de armas e drogas, além furto, roubo e receptação de cargas e valores; lavagem e ocultação de bens, direitos, valores; entre outros crimes.

As forças estaduais e federais que integram a Ficco são: Polícia Militar (PMMS), Polícia Civil (PCMS), Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen-MS), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Penal Federal (PPF).